RELÉ DESARMA QUANDO ACELERA

Assuntos específicos relacionados ao sistema de ar e arrefecimento.
Julio Cesar Ledo
Membro Classic SE (Ní­vel 8)
Mensagens: 2086
Registrado em: 06 Mar 2012, 21:21
Cidade:
Estado: - SELECIONE --------
Modelo: - SELECIONE --------

Re: RELÉ DESARMA QUANDO ACELERA

Mensagem não lida por Julio Cesar Ledo »

Esqueci mas nas minhas pesquisas achei esse relato abaixo:

".....Em sistemas em perfeito estado, o tempo médio se compressor acoplado, a temperaturas externas de 25ºC vai de 27 a 60 segundos
O tempo médio desacoplado, nas mesmas condições de temperatura externa, oscila entre 7 e 18 segundos....."

Será então que o meu carro está normal? Vou verificar o tempo de desarme do AC para ver se bate com esse relato. Desculpe a encheção de paciencia pessoal mas antes o meu carro não er assim... Desarmando e Armando com tanta frequencia o relê...

Pode até ser normal isso e eu aqui colocando pulga em cabeça de macacao...
Que carro vc tem?
Eu não tenho um carro!
Como assim?
EU TENHO UM MONZA!

Avatar do usuário
Carlos A. Freire
MODERADOR
Mensagens: 17471
Registrado em: 18 Jan 2007, 11:06
Cidade: SAO PAULO
Estado: São Paulo-SP
Modelo: Monza GLS
Motor: 2.0
Ano: 1996
Combustível:: Gasolina
Injeção: EFi

Re: RELÉ DESARMA QUANDO ACELERA

Mensagem não lida por Carlos A. Freire »

Me parece que tem algo errado com a pressão ou quantidade de gás.
Retorne onde fez o serviço para novas medições.

A última vez que fiz manutenção no A/C do meu Monza GLS 96, o reparador colocou gás pelo peso 700g e não pela pressão. Isso foi em 2008 e está bom até hoje. Anterior a essa manutenção, foi trocado mangueira de pressão em 2005, pois furou e vazou gás. O reparador (outro) colocou pela pressão. No momento ficou bom, mas como pode perceber, em 2008 tive que fazer novamente a manutenção e, não foi encontrado vazamento. Foi colocado contraste para caçar vazamentos com uso de equipamentos para esse fim e nada foi encontrado. Voltei na oficina uma semana depois, depois 15 dias depois 1 mês e depois 2 meses e nada. Ele disse que se tivesse vazamento, duraria mais de 1 ano e está até hoje assim. Ou seja, entendo que o erro foi do reparador anterior.
Digo isso, pois pode ter ocorrido o mesmo com o seu Monza.

Quando disse que o reparador anterior tinha colocado gás olhando no manômetro e vendo a pressão, o reparador achou estranho esse procedimento, me dizendo até que pela pressão não se sabe o quanto de gás entrou. Pelo peso se tem certeza de quanto foi colocado.

Abs,

Carlos Freire
Monza GLS 96 - 2.0 EFI gasolina
São Paulo-SP

Julio Cesar Ledo
Membro Classic SE (Ní­vel 8)
Mensagens: 2086
Registrado em: 06 Mar 2012, 21:21
Cidade:
Estado: - SELECIONE --------
Modelo: - SELECIONE --------

Re: RELÉ DESARMA QUANDO ACELERA

Mensagem não lida por Julio Cesar Ledo »

Muito obrigado amigo Carlos pela dica. Sou burro o suficiente para ter feito a manutenção no sistema a 200km de onde moro (arrumei o sistema em Jaraguá do Sul). :smt021

Vou ter q resolver isso por aqui (floripa) agora. E o valor a mais vou descontar do outro serviço.

Gás refrigerante: R-134a - 1lb., 8 Oz (0,70kg).

Resumindo se o cara colocar 700gramas de gás a pressão do sistema já ficaria correta? Estou super confuso com essa relação gás (por peso) e pressão (psi) do sistema de AC.

São estes os valores de quantidade e pressão que devo verificar? Peguei esses valores do Monza Clube e se não me engano foi vc que citou eles. rs rs

Muito obrigado Carlos e me desculpe te perturbar tanto !!
Carlos A. Freire escreveu:Me parece que tem algo errado com a pressão ou quantidade de gás.
Retorne onde fez o serviço para novas medições.

A última vez que fiz manutenção no A/C do meu Monza GLS 96, o reparador colocou gás pelo peso 700g e não pela pressão. Isso foi em 2008 e está bom até hoje. Anterior a essa manutenção, foi trocado mangueira de pressão em 2005, pois furou e vazou gás. O reparador (outro) colocou pela pressão. No momento ficou bom, mas como pode perceber, em 2008 tive que fazer novamente a manutenção e, não foi encontrado vazamento. Foi colocado contraste para caçar vazamentos com uso de equipamentos para esse fim e nada foi encontrado. Voltei na oficina uma semana depois, depois 15 dias depois 1 mês e depois 2 meses e nada. Ele disse que se tivesse vazamento, duraria mais de 1 ano e está até hoje assim. Ou seja, entendo que o erro foi do reparador anterior.
Digo isso, pois pode ter ocorrido o mesmo com o seu Monza.

Quando disse que o reparador anterior tinha colocado gás olhando no manômetro e vendo a pressão, o reparador achou estranho esse procedimento, me dizendo até que pela pressão não se sabe o quanto de gás entrou. Pelo peso se tem certeza de quanto foi colocado.

Abs,

Carlos Freire
Que carro vc tem?
Eu não tenho um carro!
Como assim?
EU TENHO UM MONZA!

Avatar do usuário
Carlos A. Freire
MODERADOR
Mensagens: 17471
Registrado em: 18 Jan 2007, 11:06
Cidade: SAO PAULO
Estado: São Paulo-SP
Modelo: Monza GLS
Motor: 2.0
Ano: 1996
Combustível:: Gasolina
Injeção: EFi

Re: RELÉ DESARMA QUANDO ACELERA

Mensagem não lida por Carlos A. Freire »

Não sou um profundo conhecedor de A/C. Mas, posso dizer sobre a experiência que tive com Monza do mesmo ano do seu, com mesmo tipo de A/C, gás refrigerante e óleo lubrificante.


O reparador aplicou ar comprimido e deixou por 40 min a procura de vazamentos. Não encontrou, pois o manômetro não baixou. Depois colocou uma bomba de vácuo e também deixou por um bom tempo.
Na colocação do gás, reparador colocou o botijão de gás em cima de uma balança de precisão, conectou ao sistema do carro e abriu, descontando o valor de 700g no peso. Junto colocou um contraste para verificação futura.

Depois funcionou o carro e conferiu a a pressão de alta e baixa e já estava ok.

Eu imaginei que colocaria gás a cada ano por conta de um pequeno vazamento, mas já são 4 anos e está Ok ainda. Certamente o reparador anterior errou nos procedimentos com meu Monza, que ficou com pouca pressão com apenas 3 anos após essa manutenção.

Abs,

Carlos Freire
Monza GLS 96 - 2.0 EFI gasolina
São Paulo-SP

Julio Cesar Ledo
Membro Classic SE (Ní­vel 8)
Mensagens: 2086
Registrado em: 06 Mar 2012, 21:21
Cidade:
Estado: - SELECIONE --------
Modelo: - SELECIONE --------

Re: RELÉ DESARMA QUANDO ACELERA

Mensagem não lida por Julio Cesar Ledo »

Muito obrigado Carlos vou providenciar o reparo conforme vc relatou, usando uma balança de precisão e colocando 700 gramas de gás.

Novamente obrigado vc já me ajudou inúmeras vezes com diversos problemas do meu carro, sempre com muita educação e disposição. Embora estou gastando bastante dinheiro com o meu carro nos últimos meses ele tem se mostrado cada vez mais confiável.

Abraço tenho que dar um jeito de ir te visitar em SP e te pagar umas geladas !!

:smt030
Carlos A. Freire escreveu:Não sou um profundo conhecedor de A/C. Mas, posso dizer sobre a experiência que tive com Monza do mesmo ano do seu, com mesmo tipo de A/C, gás refrigerante e óleo lubrificante.


O reparador aplicou ar comprimido e deixou por 40 min a procura de vazamentos. Não encontrou, pois o manômetro não baixou. Depois colocou uma bomba de vácuo e também deixou por um bom tempo.
Na colocação do gás, reparador colocou o botijão de gás em cima de uma balança de precisão, conectou ao sistema do carro e abriu, descontando o valor de 700g no peso. Junto colocou um contraste para verificação futura.

Depois funcionou o carro e conferiu a a pressão de alta e baixa e já estava ok.

Eu imaginei que colocaria gás a cada ano por conta de um pequeno vazamento, mas já são 4 anos e está Ok ainda. Certamente o reparador anterior errou nos procedimentos com meu Monza, que ficou com pouca pressão com apenas 3 anos após essa manutenção.

Abs,

Carlos Freire
Que carro vc tem?
Eu não tenho um carro!
Como assim?
EU TENHO UM MONZA!

Avatar do usuário
Carlos A. Freire
MODERADOR
Mensagens: 17471
Registrado em: 18 Jan 2007, 11:06
Cidade: SAO PAULO
Estado: São Paulo-SP
Modelo: Monza GLS
Motor: 2.0
Ano: 1996
Combustível:: Gasolina
Injeção: EFi

Re: RELÉ DESARMA QUANDO ACELERA

Mensagem não lida por Carlos A. Freire »

Abraço tenho que dar um jeito de ir te visitar em SP e te pagar umas geladas !!
Isso é muito bom! Rsrsrsrsrsrs!!!

Abs,

Carlos Freire
Monza GLS 96 - 2.0 EFI gasolina
São Paulo-SP

Avatar do usuário
Luiz Carlos (Rio)
Membro 500EF (Ní­vel 9)
Mensagens: 4042
Registrado em: 15 Dez 2006, 11:22
Cidade: Rio de Janeiro
Estado: Rio de Janeiro-RJ
Modelo: Monza GLS
Motor: 2.0
Ano: 1994
Combustível:: Gasolina
Injeção: EFi

Re: RELÉ DESARMA QUANDO ACELERA

Mensagem não lida por Luiz Carlos (Rio) »

Tb li a respeito de uma linha de baixa pressão e uma linha de alta pressão, o sistema de AC tem pressões distintas em locais distintos ?
A linha de baixa pressão é a linha com tubulações de maior diâmetro, antes do compressor, onde o gás circula em forma de gás mesmo.
Já na linha de alta pressão, depois do compressor, o gás circula com maior pressão e em forma líquida. Por isso as tubulações de menor diâmetro nesta parte do sistema (líquido ocupa menos espaço que gás)
Mesmo com tudo parado existe pressão no sistema (pressão residual).

Qto a desligar o compressor com essa rotação informada por vc, está errado, pois 75% da posição da borboleta de aceleração provoca muito maior rotação que isso, é 3/4 da rotação do motor. Claro que isso varia de acordo com a carga no motor, mas acho que o problema de desligamento tem a ver com irregularidades na quantidade de gás, como comentou o Carlos Freire.
Não seria lógico que o sistema ficasse 'mais eficiente que o original' depois de uma recarga de gás.

Estou com meu ar condicionado parado há dois anos (e olha que aqui no Rio não dá pra se andar sem ar) porque não encontrei nenhuma oficina confiável. Além disso, meu carro usa o R-12, que quase ninguém mais tem. E não vou gastar uma grana preta trocando todo o sistema... :smt010
Acho que ar condicionado pra mim só qdo o Monza for pra vala e eu comprar um carro novo.
Não troco meu Monza nem por um 96...o carro está muito bom, e até da cor dele eu gosto demais.

Nota: uma literatura que eu tenho aqui sobre ar condicionado diz que, com motor parado, as linhas de baixa e de alta pressão devem ficar com indicação igual, em torno de 5,5 Bar (80 PSI). Essas medidas se aplicam a sistemas com gás R-12, mas os com R-134 não devem fugir muito disso.
Se estiverem abaixo de 5 Bar, falta gás no sistema.
Acima de 6 Bar existe excesso de gás no sistema.
Essa é a forma que a maioria dos reparadores usa, coloca gás no sistema até que as pressões de baixa e de alta fiquem dentro dos parâmetros.
Depois funcionam compressor e verificam como ficam as pressões em baixa e em alta rotação do motor. No Monza, qdo a pressão no condensador atinge 220, se não me engano, o eletroventilador do radiador é acionado na alta velocidade.
Durante todo o tempo em que o ar condicionado está funcionando, o eletroventilador gira em baixa velocidade, independente da temp. do motor.
Qdo o compressor fica pouco tempo acoplado e tempo normal desacoplado, indica evaporador entupido.
Qdo o compressor fica pouco tempo acoplado e muito tempo desacoplado, indica tubo (válvula palito) entupido.
Qdo o compressor fica pouco tempo acoplado e pouco tempo desacoplado, indica pouco gás no sistema.
Ah, uma indicação de pouco gás no sistema é a formação de gelo no acumulador (também chamado de filtro secador por muitos reparadores).

Abs
Luiz Carlos
Monza GLS 2.0 -1994 EFI 2 portas - gasolina - prata argenta
Rio de Janeiro - RJ

Julio Cesar Ledo
Membro Classic SE (Ní­vel 8)
Mensagens: 2086
Registrado em: 06 Mar 2012, 21:21
Cidade:
Estado: - SELECIONE --------
Modelo: - SELECIONE --------

Re: RELÉ DESARMA QUANDO ACELERA

Mensagem não lida por Julio Cesar Ledo »

Então amigo acho que vc não me entendeu do jeito que tá hj ele desarma perto de 2500RPM enquanto que anteriormente só desarmava muito depois disso (no caso do corte da I.E).

Uma pergunta já que o sistema gela bem, não seria um caso de excesso do pressão/gás? Um sistema com baixa pressão gela bem ou fica meia boca?

Obrigado pelas dicas vou a uma oficina conferir estes itens, vi que tem dois pontos de medição um antes e outro depois da 'garrafa acumulador', então o reparador deve medir ambas as pressões individualmente?

Vi relatos de monzas que eram R12 usando R134a normalmente, curioso não?

Abraço e novamente obrigado !
Luiz Carlos (Rio) escreveu:
Tb li a respeito de uma linha de baixa pressão e uma linha de alta pressão, o sistema de AC tem pressões distintas em locais distintos ?
A linha de baixa pressão é a linha com tubulações de maior diâmetro, antes do compressor, onde o gás circula em forma de gás mesmo.
Já na linha de alta pressão, depois do compressor, o gás circula com maior pressão e em forma líquida. Por isso as tubulações de menor diâmetro nesta parte do sistema (líquido ocupa menos espaço que gás)
Mesmo com tudo parado existe pressão no sistema (pressão residual).

Qto a desligar o compressor com essa rotação informada por vc, está errado, pois 75% da posição da borboleta de aceleração provoca muito maior rotação que isso, é 3/4 da rotação do motor. Claro que isso varia de acordo com a carga no motor, mas acho que o problema de desligamento tem a ver com irregularidades na quantidade de gás, como comentou o Carlos Freire.
Não seria lógico que o sistema ficasse 'mais eficiente que o original' depois de uma recarga de gás.

Estou com meu ar condicionado parado há dois anos (e olha que aqui no Rio não dá pra se andar sem ar) porque não encontrei nenhuma oficina confiável. Além disso, meu carro usa o R-12, que quase ninguém mais tem. E não vou gastar uma grana preta trocando todo o sistema... :smt010
Acho que ar condicionado pra mim só qdo o Monza for pra vala e eu comprar um carro novo.
Não troco meu Monza nem por um 96...o carro está muito bom, e até da cor dele eu gosto demais.

Nota: uma literatura que eu tenho aqui sobre ar condicionado diz que, com motor parado, as linhas de baixa e de alta pressão devem ficar com indicação igual, em torno de 5,5 Bar (80 PSI). Essas medidas se aplicam a sistemas com gás R-12, mas os com R-134 não devem fugir muito disso.
Se estiverem abaixo de 5 Bar, falta gás no sistema.
Acima de 6 Bar existe excesso de gás no sistema.
Essa é a forma que a maioria dos reparadores usa, coloca gás no sistema até que as pressões de baixa e de alta fiquem dentro dos parâmetros.
Depois funcionam compressor e verificam como ficam as pressões em baixa e em alta rotação do motor. No Monza, qdo a pressão no condensador atinge 220, se não me engano, o eletroventilador do radiador é acionado na alta velocidade.
Durante todo o tempo em que o ar condicionado está funcionando, o eletroventilador gira em baixa velocidade, independente da temp. do motor.
Qdo o compressor fica pouco tempo acoplado e tempo normal desacoplado, indica evaporador entupido.
Qdo o compressor fica pouco tempo acoplado e muito tempo desacoplado, indica tubo (válvula palito) entupido.
Qdo o compressor fica pouco tempo acoplado e pouco tempo desacoplado, indica pouco gás no sistema.
Ah, uma indicação de pouco gás no sistema é a formação de gelo no acumulador (também chamado de filtro secador por muitos reparadores).

Abs
Que carro vc tem?
Eu não tenho um carro!
Como assim?
EU TENHO UM MONZA!

Responder