MONZEIROS.COM - Tudo sobre o Chevrolet Monza!
Home   |    Ver minhas mensagens   |   Painel de Controle do Usuário   |   Entrar

Modulo de Injeção

Assuntos específicos relacionados à parte elétrica e iluminação.

Modulo de Injeção

Mensagempor Fastback » 21 Fev 2008, 16:46

Pessoal, alguém sabe me dizer se o módulo de injeção do Monza 92 é "compatível" com o meu 95?
Digo, encontrei um Módulo de um Monza a alcool 92 baratinho e queria saber se ao colocá-lo no meu carro, vai funcionar direitinho...
Pelos diagramas elétricos que tenho, acredito que seja a mesma coisa com pequenas mudanças (o do alcool, por exemplo, tem o controle do injetor de gasolina, que seria ótimo pra mim que converti) aparentemente os chicotes são os mesmos, só o que muda são algumas funçoes e a programação do chip em sí.

É isso mesmo?

Abração!
Avatar do usuário
Fastback
Membro Classic (Ní­vel 7)
 
Mensagens: 854
Registrado em: 12 Dez 2006, 15:20

Re: Modulo de Injeção

Mensagempor 500EF » 21 Fev 2008, 18:18

Fastbak,

Eu ainda usaria a programação do EFI à gasolina com um bico mono álcool + ponto inicial adiantado no distribuidor.

Carros a gasolina têm uma curva de avanço um pouco mais "agressiva" que os à álcool. E isso ajuda muito no desempenho dos carros com taxa baixa convertidos para álcool. :wink:

A sua central está com algum problema, ou você apenas pensou em trocar por ela ser do modelo à álcool?

Ah! Qualquer que seja a central, o bico deverá ser o branco para rodar bem alimentado com álcool. :wink:
Editado pela última vez por 500EF em 21 Fev 2008, 18:26, em um total de 1 vez.
Eduardo Rettore
Monza Classic 500 EF - 2.0i MPFi
Turbo @ 0,8 bar - Legalizado.
Avatar do usuário
500EF
MODERADOR
 
Mensagens: 4008
Registrado em: 24 Ago 2007, 17:13
Estado: MG - Minas Gerais
Cidade: Belo Horizonte
Monza: Sedan SL/E 1.8
Ano/Modelo: 1990/1990
Combustível: Álcool/Etanol

Re: Modulo de Injeção

Mensagempor Marcel Murai » 21 Fev 2008, 18:20

acho que não vai ficar legal não....
a menos que vc converta o motor pra alcool, colocar aquecedor de coletor à alcool, bico alcool, pistao alcool....rebaixar cabeçote..aí funciona 100%.
Trocar o modulo não sei não... :smt017
2010-2014 - Monza SL/E 2.0 EFI 1992 Completo
03/2005-06/2009 Ex-Monza Hitech 1993/1994 2.0 EFI Completo + ABS
Familia: 1992-1998 Monza SL/E 1987/1988 2.0 Alcool + Commpl. + Automatic + 5 Rodas Classic + Antena Elet. + Lant. Fume (Rara configuraçao)
Marcel Murai
MODERADOR
 
Mensagens: 2358
Registrado em: 01 Fev 2007, 19:44
Estado: SP - São Paulo
Cidade: Interior
Monza: Não tenho Monza! :(
Ano/Modelo: Não tenho Monza! :(
Sist. Alimentação: Não tenho Monza! :(
Combustível: Não tenho Monza! :(

Re: Modulo de Injeção

Mensagempor 500EF » 22 Fev 2008, 13:40

Marcel Murai escreveu:acho que não vai ficar legal não....
a menos que vc converta o motor pra alcool, colocar aquecedor de coletor à alcool, bico alcool, pistao alcool....rebaixar cabeçote..aí funciona 100%.
Trocar o modulo não sei não... :smt017


Concordo que aí viraria um original à álcool.

Mas normalmente, aumentando o suprimento de combustível para manter a estequiometria da mistura (no caso, usando o bico do monza à álcool) e adiantando o ponto inicial (álcool tem menos velocidade de queima, por isso se adianta um pouco o início da combustão), já terá desempenho satisfatório, sem gastar muito, e com possibilidade de reversão sem maiores complicações. :wink:
Eduardo Rettore
Monza Classic 500 EF - 2.0i MPFi
Turbo @ 0,8 bar - Legalizado.
Avatar do usuário
500EF
MODERADOR
 
Mensagens: 4008
Registrado em: 24 Ago 2007, 17:13
Estado: MG - Minas Gerais
Cidade: Belo Horizonte
Monza: Sedan SL/E 1.8
Ano/Modelo: 1990/1990
Combustível: Álcool/Etanol

Re: Modulo de Injeção

Mensagempor Fastback » 26 Fev 2008, 12:10

Bom, como o preço do módulo estava atrativo e estou fazendo um curso de injeção, achei interessante e comprei.
Mesmo assim, voltando ao caso da conversão, será que eu posso usar um bico com uma capacidade um pouco maior para sanar a deficiência da alimentação tendo em vista a taxa reduzida do motor? Neste caso, quais bicos serviriam no Monza?


Sinceramente... Por mim eu arrancava toda aquela tralha, colocava pistões do alcool e metia uma injeção multiponto com bicos maiores. É estranho pensar que seu carro tem, mas não tem, injeção eletrônica. :smt011
Avatar do usuário
Fastback
Membro Classic (Ní­vel 7)
 
Mensagens: 854
Registrado em: 12 Dez 2006, 15:20

Re: Modulo de Injeção

Mensagempor 500EF » 26 Fev 2008, 12:31

Fastback escreveu:Bom, como o preço do módulo estava atrativo e estou fazendo um curso de injeção, achei interessante e comprei.
Mesmo assim, voltando ao caso da conversão, será que eu posso usar um bico com uma capacidade um pouco maior para sanar a deficiência da alimentação tendo em vista a taxa reduzida do motor? Neste caso, quais bicos serviriam no Monza?


Pode não... tem que usar... :wink:

O bico com maior vazão não é para sanar deficiência por taxa reduzida e sim porque a relação estequiométrica do álcool é diferente da relação estequimétrica da gasolina.

Enquanto na gasolina você precisa de 1 parte de combustível em cerca de 13 partes de ar, no álcool você precisa de 1 parte de combustível para 9 partes de ar. Ou seja, TEM que injetar mais combustível na câmara. :wink:

Você já usa o bico branco do monza à álcool? Ele deve ser o mais adequado para alimentar seu motor corretamente.

Como você estará com a programação do chip original do monza à álcool, o ponto inicial deve ser regulado para o original deste modelo. No manual do proprietário do seu carro deve ter esta informação. :smt023
Eduardo Rettore
Monza Classic 500 EF - 2.0i MPFi
Turbo @ 0,8 bar - Legalizado.
Avatar do usuário
500EF
MODERADOR
 
Mensagens: 4008
Registrado em: 24 Ago 2007, 17:13
Estado: MG - Minas Gerais
Cidade: Belo Horizonte
Monza: Sedan SL/E 1.8
Ano/Modelo: 1990/1990
Combustível: Álcool/Etanol

Re: Modulo de Injeção

Mensagempor TheRipper » 26 Fev 2008, 14:16

500EF escreveu:
Fastback escreveu:Bom, como o preço do módulo estava atrativo e estou fazendo um curso de injeção, achei interessante e comprei.
Mesmo assim, voltando ao caso da conversão, será que eu posso usar um bico com uma capacidade um pouco maior para sanar a deficiência da alimentação tendo em vista a taxa reduzida do motor? Neste caso, quais bicos serviriam no Monza?


Pode não... tem que usar... :wink:

O bico com maior vazão não é para sanar deficiência por taxa reduzida e sim porque a relação estequiométrica do álcool é diferente da relação estequimétrica da gasolina.

Enquanto na gasolina você precisa de 1 parte de combustível em cerca de 13 partes de ar, no álcool você precisa de 1 parte de combustível para 9 partes de ar. Ou seja, TEM que injetar mais combustível na câmara. :wink:

Você já usa o bico branco do monza à álcool? Ele deve ser o mais adequado para alimentar seu motor corretamente.

Como você estará com a programação do chip original do monza à álcool, o ponto inicial deve ser regulado para o original deste modelo. No manual do proprietário do seu carro deve ter esta informação. :smt023


Se ele está rodando com taxa de gasolina, terá que adiantar o ponto em relação ao mapa original, senão o carro irá ficar "xoxo" e beberrão.
Avatar do usuário
TheRipper
Membro Classic (Ní­vel 7)
 
Mensagens: 947
Registrado em: 26 Jan 2008, 23:00
Estado: RJ - Rio de Janeiro
Cidade: Rio de Janeiro
Monza: Hatch S/R 1.8
Ano/Modelo: 1986/1986
Sist. Alimentação: MPFI
Combustível: Álcool/Etanol

Re: Modulo de Injeção

Mensagempor TheRipper » 26 Fev 2008, 14:23

Fastback escreveu:Sinceramente... Por mim eu arrancava toda aquela tralha, colocava pistões do alcool e metia uma injeção multiponto com bicos maiores. É estranho pensar que seu carro tem, mas não tem, injeção eletrônica. :smt011


Isso sim seria bom! Injeção monoponto é uma @#¢£$#% :evil:
Avatar do usuário
TheRipper
Membro Classic (Ní­vel 7)
 
Mensagens: 947
Registrado em: 26 Jan 2008, 23:00
Estado: RJ - Rio de Janeiro
Cidade: Rio de Janeiro
Monza: Hatch S/R 1.8
Ano/Modelo: 1986/1986
Sist. Alimentação: MPFI
Combustível: Álcool/Etanol

Re: Modulo de Injeção

Mensagempor 500EF » 26 Fev 2008, 14:27

TheRipper escreveu:Se ele está rodando com taxa de gasolina, terá que adiantar o ponto em relação ao mapa original, senão o carro irá ficar "xoxo" e beberrão.


Sim, adiantar em relação ao ponto original do carro à gasolina.

Por isso eu disse para inicialmente adiantar para o ponto original do à álcool, já que ele agora vai usar a curva do chip original do à álcool.

Mas talvez depois possa até dar mais um "tapinha" em toda a curva mesmo, adiantando um pouco mais o inicial... mas eu sentiria o comportamento do carro assim primeiro para ver... :wink:
Eduardo Rettore
Monza Classic 500 EF - 2.0i MPFi
Turbo @ 0,8 bar - Legalizado.
Avatar do usuário
500EF
MODERADOR
 
Mensagens: 4008
Registrado em: 24 Ago 2007, 17:13
Estado: MG - Minas Gerais
Cidade: Belo Horizonte
Monza: Sedan SL/E 1.8
Ano/Modelo: 1990/1990
Combustível: Álcool/Etanol

Re: Modulo de Injeção

Mensagempor Fastback » 26 Fev 2008, 18:06

Sim, sim, entendi o que vocês disseram. Mas, me referí a utilizar um bico com uma vazão superior à do alcool, entenderam? Será que serve o de outro modelo? Uma vez, em algum lugar, lí algo a respeito de utilizar um bico suplementar na própria tbi do Monza para motores turbinados. Isso seria válido? :smt017

Sei lá, a conversão valeu a pena, o custo com combustível caiu pela metade e tudo mais mas, ainda sim continuo com um pé atrás com esse carro.
Quais seriam as opções para melhorar o rendimento do sistema por completo? Digo, não só aumentar a potência e isso tudo mas, também e principalmente fazer com que o motor aproveite melhor o combustível...
A idéia do coletor do MPFI com uma megasquirt não me sai da cabeça... A injeção atual não daria conta de comandar 4 bicos, né? :|
Avatar do usuário
Fastback
Membro Classic (Ní­vel 7)
 
Mensagens: 854
Registrado em: 12 Dez 2006, 15:20

Re: Modulo de Injeção

Mensagempor 500EF » 26 Fev 2008, 18:43

Fastback escreveu:Sim, sim, entendi o que vocês disseram. Mas, me referí a utilizar um bico com uma vazão superior à do alcool, entenderam? Será que serve o de outro modelo?


Agora quem não entendeu fui eu... hehehe

Você quer aumentar mais ainda a vazão? Seu motor tem alguma modificação? Se não tiver, só vai servir para "afogar" o motor com excesso de combustível...

E o bico do monza à álcool já tem uma baita vazão... hehehe

Uma vez, em algum lugar, lí algo a respeito de utilizar um bico suplementar na própria tbi do Monza para motores turbinados. Isso seria válido? :smt017


O certo é colocá-lo na pressurização, entre 50 e 70 cm distante da borboleta, em um ângulo de 45 graus em relação ao tubo e com a ponta aparente dentro dele.

Mas isso só vale para um turbo, que não é o seu caso...

Sei lá, a conversão valeu a pena, o custo com combustível caiu pela metade e tudo mais mas, ainda sim continuo com um pé atrás com esse carro.


Explica o que já fez e qual é o "pé atrás"... :wink:

Quais seriam as opções para melhorar o rendimento do sistema por completo? Digo, não só aumentar a potência e isso tudo mas, também e principalmente fazer com que o motor aproveite melhor o combustível...


E isso não seria aumentar a potência? hehehe

Para isso, sem tirar o motor da geometria tolerada pela fábrica, você teria que colocar os pistões do monza à álcool, talvez ainda dar um tapinha no cabeçote, e colocar um módulo de ignição forte.

A idéia do coletor do MPFI com uma megasquirt não me sai da cabeça... A injeção atual não daria conta de comandar 4 bicos, né? :|


Com um repetidor, ela pulsaria os 4 ao mesmo tempo. Mas não vejo vantagem nisso... Muita despesa para pouco (ou nenhum) retorno...

Se me permite uma sugestão, coloque uma sonda lambda (prefira as NGK de 4 fios) no escape para ver como anda a mistura e confira o ponto de ignição. :wink:
Eduardo Rettore
Monza Classic 500 EF - 2.0i MPFi
Turbo @ 0,8 bar - Legalizado.
Avatar do usuário
500EF
MODERADOR
 
Mensagens: 4008
Registrado em: 24 Ago 2007, 17:13
Estado: MG - Minas Gerais
Cidade: Belo Horizonte
Monza: Sedan SL/E 1.8
Ano/Modelo: 1990/1990
Combustível: Álcool/Etanol

Re: Modulo de Injeção

Mensagempor TheRipper » 26 Fev 2008, 23:49

500EF escreveu:
TheRipper escreveu:Se ele está rodando com taxa de gasolina, terá que adiantar o ponto em relação ao mapa original, senão o carro irá ficar "xoxo" e beberrão.


Sim, adiantar em relação ao ponto original do carro à gasolina.

Por isso eu disse para inicialmente adiantar para o ponto original do à álcool, já que ele agora vai usar a curva do chip original do à álcool.

Mas talvez depois possa até dar mais um "tapinha" em toda a curva mesmo, adiantando um pouco mais o inicial... mas eu sentiria o comportamento do carro assim primeiro para ver... :wink:


Heheheh eu de cara já socaria ponto do bicho. A diferença na taxa de compressão é gritante, de 9,2:1 na gasola pra 12:1 no álcool, pode jogar ponto à vontade. Vai adiantando no distribuidor aos pouquinhos e testando em todas as faixas de giro com alta carga (pé no fundo), até começar a dar detonação. Quando começar, volte um pouco e pronto. Ponto original do álcool tenho certeza de que não vai ficar bom com pouca taxa :-/
Avatar do usuário
TheRipper
Membro Classic (Ní­vel 7)
 
Mensagens: 947
Registrado em: 26 Jan 2008, 23:00
Estado: RJ - Rio de Janeiro
Cidade: Rio de Janeiro
Monza: Hatch S/R 1.8
Ano/Modelo: 1986/1986
Sist. Alimentação: MPFI
Combustível: Álcool/Etanol

Re: Modulo de Injeção

Mensagempor TheRipper » 26 Fev 2008, 23:53

Fastback , esqueça a Multec 700, isso aí é o dinossauro das injeções eletrônicas. Sua "moderna" tecnologia data do final da década de 70 :shock:
Coloque Multiponto com Megasquirt, aí sim, vai mudar da água pro vinho francês! O sistema de ignição pode manter o mesmo, pois a Mega funciona com módulo HEI, a adaptação não é complicada.
Sobre o bico a álcool, ele já tem uma boa vazão, meu motor está com cerca de 140cv, alimentado por um bico álcool original, rodando com pressão nominal, mas no caso eu uso Megasquirt. Pra você aumentar a vazão sem mexer no chip, pode aumentar um pouco a pressão da linha de combustível (originalmente 2BAR), mas não muito, pois esse bico não suporta alta pressão e começa a vazar com cerca de 3BAR.
Avatar do usuário
TheRipper
Membro Classic (Ní­vel 7)
 
Mensagens: 947
Registrado em: 26 Jan 2008, 23:00
Estado: RJ - Rio de Janeiro
Cidade: Rio de Janeiro
Monza: Hatch S/R 1.8
Ano/Modelo: 1986/1986
Sist. Alimentação: MPFI
Combustível: Álcool/Etanol

Re: Modulo de Injeção

Mensagempor RicardoDS » 27 Fev 2008, 00:47

Apoio a sugestão do TheRipper, faz 2 MegaSquirt, põe uma no Monza e a outra no Landau :mrgreen:
Avatar do usuário
RicardoDS
ADMINISTRADOR
 
Mensagens: 5815
Registrado em: 14 Jan 2007, 12:52
Estado: PR - Paraná
Cidade: RM de CTBA
Monza: Sedan SL/E 1.8
Ano/Modelo: 1988/1989
Sist. Alimentação: Carburador 2E
Combustível: Gasolina

Re: Modulo de Injeção

Mensagempor Marcel Murai » 27 Fev 2008, 07:42

Pra transformar pra MPFI o coletor não encaixa no cabeçote do EFI. Vc viu oque o Fernando teve que fazer pra encaixar?
Outra coisa que descobri no CEPCHEV é que o Cabeçote do EFI 2.0 Alcool é a mesma da 2.0 Gasolina. Então, despreze o rebaixamento do cabeçote.
Fica restando a troca dos pistoes e um coletor com aquecimento e um bico a alcool já que agora vc comprou a central á alcool.
E tem mais o diferencial que é diferente do 2.0 Alcool do restante das versões.
Mas recomendo que vc aproveite o embalo pra quando for fazer o motor e já transformar em alcool.
Eu devia ter feito isso mas optei pela originalidade. :smt021 :smt011

Realmente até eu queria uma injeção MPFI. Se no Vectra A ele faz 15,0 na estrada...imagine no monza que é mais leve. :mrgreen:
2010-2014 - Monza SL/E 2.0 EFI 1992 Completo
03/2005-06/2009 Ex-Monza Hitech 1993/1994 2.0 EFI Completo + ABS
Familia: 1992-1998 Monza SL/E 1987/1988 2.0 Alcool + Commpl. + Automatic + 5 Rodas Classic + Antena Elet. + Lant. Fume (Rara configuraçao)
Marcel Murai
MODERADOR
 
Mensagens: 2358
Registrado em: 01 Fev 2007, 19:44
Estado: SP - São Paulo
Cidade: Interior
Monza: Não tenho Monza! :(
Ano/Modelo: Não tenho Monza! :(
Sist. Alimentação: Não tenho Monza! :(
Combustível: Não tenho Monza! :(

Re: Modulo de Injeção

Mensagempor tcpthiago » 27 Fev 2008, 10:44

É.. fazer 15 na gasolina na estrada é o de melhor....

Mas, e fazer 10 no alcool com ar ligado? E ainda mais quando é adaptado? Acho bom também...
Foi o que o meu Monza faz na estrada...e aqui na cidade, 10.
Ainda nem troquei bico... to só esperando ele estragar, aí tenho um bom motivo pra troca.
Consumo e rendimentos bona não basta apenas a originalidade, ou tentar mecher em ponto, mas sim, melhorar todo o sistema.
Estou sem pistões a alcool e nem bicos do alcool. Mas mechi em velas e cabos de velas, distribuidor (completo, o meu era original de fabrica e tava todo torrado), ponto (meu esta adiantado) limpeza e reparos no TBI e seus componentes... e todo cuidado com todo restante do veiculo.
Isso vale tanto prum Monza quanto pros tecnológicos carros novos.

Fiz isso no meu Monza e num arrependo, agora, fizemos numa Meriva 2002/2003 1.8, e só alegrias...
------> Monza GL 93/94 <------
-------> Verde Vivaldi <-------
-------> 2.0 Completo <-------
-> Agora, rodando na pinga <-
Avatar do usuário
tcpthiago
Membro Class (Ní­vel 5)
 
Mensagens: 499
Registrado em: 30 Mar 2007, 17:30

Re: Modulo de Injeção

Mensagempor Fastback » 27 Fev 2008, 10:54

Pô, vocês estão dando um nó na minha cabeça, é informação demais do dia pra noite! :smt030
Mas, como diria Jack o Stripador, vamos por partes!

TheRipper, qual foi a modificação que você fez no teu carro? Carburador pra MS ou PHEFI para MS (Entendido como: Pre-Historic Eletronic Fuel "Injection")? Desde o início do projeto do nosso amigo Fernando, vulgo mattador, eu venho tentando acompanhar, até tentei trocar umas idéias com ele mas, o cara parece ser meio ocupado, assim como eu. Queria MUITO estudar esse sistema pois acho que o Monza tem muito potencial "esgoelado" por aquele brosol que não precisa regular regular na chave de fenda... ¬¬
Quanto ao ponto, quando foi feita a conversão, já meteram a mão no ponto... Jogaram aquele parafuso de regulagem bem no talo do começo do curso da carcaça do distribuidor. Como esses dias ele tava dando uma "travada" pra pegar, suspeitei que o ponto estava adiantado demais e puxei ele um pouquinho. Acho que não deu certo, agora, se piso perto dos 3000 rpm, o carro falha que só. :smt010 Acho que o jeito vai ser voltar ao que era, né?

Marcel, o coletor que o nosso amigo mattador usou é o do Astra, se não me engano. O que eu queria usar é o do Kadett GSi / Monza Classic. Se você observar no Cepchev, eles são compatíveis. Só não sei quanto a furação do cabeçote de um e de outro. ACREDITO que seja a mesma coisa. Acho que, para tirar a dúvida, só consultando se a junta do nosso com a do MPFI é intercambiável. Mesmo assim, será que algum tipo de flange não ajudaria? Tentei contato com o Fernando mas o cara meio que sumiu. Deve ter ficado tão feliz com a MS dele que se enfiou na estrada sem destino!

RicardoDS, da próxima vez que tu for ler pensamentos, avisa po! :mrgreen: :mrgreen: A intenção era inversa, primeiro Landau depois, talvez, Monza. Depois que vi o sisteminha do Fernando e tanta gente no fórum da MS já com a belezinha funcionando e elogiando a mesma pros quatro cantos do mundo tô cada vez mais inspirado. Até estou fazendo um curso de injeção pra cair na besteira de arrancar aqueles pedaços de dinossauros de cima dos motorzões!

500EF, vamos às respostas... Quanto a parte do bico suplementar e do bico maior, parti do principio que o alcool necessariamente precisa de mais partes de combustível por partes de ar, certo? Pois bem, isso somado a uma taxa "deficiente", exige MAIS combustível, certo? Sendo assim imaginei que um bico que alimenta o motor originalmente a alcool, com a taxa certinha e tudo mais talvez não fosse o suficiente para alimentar um motor que precisa de ainda mais partes de combustível que um original, dos quais ele foi projetado. Sacou?
Quanto ao pé atrás, depois dessa conversão, ouvi tanta história que dá medo até de sair com o carro. De que a mistura pode estar pobre demais e isso fura os pistões, de que os caras apenas fizeram a central ignorar os sinais do sensor de temperatura para manter o bico aberto por mais tempos injetando mais combustível, de que a bomba vai se deteriorar mais rápido e travar da noite pro dia, enfim enfim. Isso sem falar que, sinceramente, apesar de não pesar mais no bolso, o carro agora só serve pra andar tranquilo. Se for pra botar na estrada, esquece. Falta mais potência que em 1.0 carburado com ar e direção.
De início, o que eu poderia fazer para dar uma BOA melhorada nessa tralha toda? Um bico a alcool em conjunto com umas velas a alcool? E a bomba, posso fazer algo pra "segurá-la" por mais um tempo? O cara lá da oficina jogou uma conversa num amigo meu de que uma tampinha de óleo de máquina a cada tanque cheio ajudaria a bomba a não travar. Mas, como o problema da bomba é interno, geralmente gastando escovas e essas coisas, isso seria válido digamos, para "reduzir" o atrito do combustível na hora de ser puxado ou apenas deixaria o tanque melado?
Quanto a "ameaça" de dar uma travada no motor ao dar partida, é o ponto mesmo ou poderia ser outra coisa?

Quanto a sonda lambda, pode ter certeza que está na lista de compras... No clube do Corsa tem um esqueminha bem simples de como se fazer um hallmetter. Desde que vi pela primeira vez, fiquei doido pra fazer. Se eu conseguir uma sonda lambda lá no curso, mesmo que usada, farei questão de colocá-la no dia seguinte.
Falando em Sonda Lambda, também conhecido como Sensor de Oxigênio (viu só como esse curso é bão?! :mrgreen: ), TheRipper a MS se comunica com esse sensor sem muitos problemas e adaptações?
Cara... Se puder, me manda uma MP ou um email, quero MUITO saber mais da MS, como são as ligações, o que dá e não dá pra ser reaproveitado do Monza... Enfim! Eu fiz o curso mais pra mexer nele, ou no carro do meu velho, porque não consigo ter confiança nos mecânicos daqui. Porém, só a ... do programa pra se comunicar com a central (kaptor, SC7000, SC9000, entre outros) custam mais de 5 mil! Um programa desses pra uso "caseiro" é completamente inviável. Sendo assim, uma megasquirt, já com os programas frees de configuração e análise da mesma, além de ter o prazer do faça você mesmo, ainda teria a facilidade de controlá-la sem muitos problemas. :smt020

Bom, acho que esse livro por hoje já é o suficiente.
Valeu cambada! :smt023
Avatar do usuário
Fastback
Membro Classic (Ní­vel 7)
 
Mensagens: 854
Registrado em: 12 Dez 2006, 15:20

Re: Modulo de Injeção

Mensagempor Marcel Murai » 27 Fev 2008, 11:57

tcpthiago escreveu:É.. fazer 15 na gasolina na estrada é o de melhor....

Mas, e fazer 10 no alcool com ar ligado? E ainda mais quando é adaptado? Acho bom também...
Foi o que o meu Monza faz na estrada...e aqui na cidade, 10.
Ainda nem troquei bico... to só esperando ele estragar, aí tenho um bom motivo pra troca.
Consumo e rendimentos bona não basta apenas a originalidade, ou tentar mecher em ponto, mas sim, melhorar todo o sistema.
Estou sem pistões a alcool e nem bicos do alcool. Mas mechi em velas e cabos de velas, distribuidor (completo, o meu era original de fabrica e tava todo torrado), ponto (meu esta adiantado) limpeza e reparos no TBI e seus componentes... e todo cuidado com todo restante do veiculo.
Isso vale tanto prum Monza quanto pros tecnológicos carros novos.

Fiz isso no meu Monza e num arrependo, agora, fizemos numa Meriva 2002/2003 1.8, e só alegrias...


Hehe...eu pensava assim tmbm.......até dirigir um Monza original à alcool, aí mudei de opnião. :D
2010-2014 - Monza SL/E 2.0 EFI 1992 Completo
03/2005-06/2009 Ex-Monza Hitech 1993/1994 2.0 EFI Completo + ABS
Familia: 1992-1998 Monza SL/E 1987/1988 2.0 Alcool + Commpl. + Automatic + 5 Rodas Classic + Antena Elet. + Lant. Fume (Rara configuraçao)
Marcel Murai
MODERADOR
 
Mensagens: 2358
Registrado em: 01 Fev 2007, 19:44
Estado: SP - São Paulo
Cidade: Interior
Monza: Não tenho Monza! :(
Ano/Modelo: Não tenho Monza! :(
Sist. Alimentação: Não tenho Monza! :(
Combustível: Não tenho Monza! :(

Re: Modulo de Injeção

Mensagempor TheRipper » 29 Fev 2008, 11:29

Marcel Murai escreveu:Pra transformar pra MPFI o coletor não encaixa no cabeçote do EFI. Vc viu oque o Fernando teve que fazer pra encaixar?
Outra coisa que descobri no CEPCHEV é que o Cabeçote do EFI 2.0 Alcool é a mesma da 2.0 Gasolina. Então, despreze o rebaixamento do cabeçote.
Fica restando a troca dos pistoes e um coletor com aquecimento e um bico a alcool já que agora vc comprou a central á alcool.
E tem mais o diferencial que é diferente do 2.0 Alcool do restante das versões.
Mas recomendo que vc aproveite o embalo pra quando for fazer o motor e já transformar em alcool.
Eu devia ter feito isso mas optei pela originalidade. :smt021 :smt011

Realmente até eu queria uma injeção MPFI. Se no Vectra A ele faz 15,0 na estrada...imagine no monza que é mais leve. :mrgreen:


Até onde sei, o cabeçote do EFI é igual ao do MPFI. O do carburado que é diferente, que era o caso do Fernando. No diferencial não precisa mexer.

Ah, o Vectra deve fazer 15km/l andando a 70km/h... no máximo 80. E o Monza faria menos de qualquer jeito, pois na estrada, o que importa é aerodinâmica (que é melhor no Vectra), não peso :wink:
Avatar do usuário
TheRipper
Membro Classic (Ní­vel 7)
 
Mensagens: 947
Registrado em: 26 Jan 2008, 23:00
Estado: RJ - Rio de Janeiro
Cidade: Rio de Janeiro
Monza: Hatch S/R 1.8
Ano/Modelo: 1986/1986
Sist. Alimentação: MPFI
Combustível: Álcool/Etanol

Re: Modulo de Injeção

Mensagempor Marcel Murai » 29 Fev 2008, 12:10

TheRipper escreveu:
Marcel Murai escreveu:Pra transformar pra MPFI o coletor não encaixa no cabeçote do EFI. Vc viu oque o Fernando teve que fazer pra encaixar?
Outra coisa que descobri no CEPCHEV é que o Cabeçote do EFI 2.0 Alcool é a mesma da 2.0 Gasolina. Então, despreze o rebaixamento do cabeçote.
Fica restando a troca dos pistoes e um coletor com aquecimento e um bico a alcool já que agora vc comprou a central á alcool.
E tem mais o diferencial que é diferente do 2.0 Alcool do restante das versões.
Mas recomendo que vc aproveite o embalo pra quando for fazer o motor e já transformar em alcool.
Eu devia ter feito isso mas optei pela originalidade. :smt021 :smt011

Realmente até eu queria uma injeção MPFI. Se no Vectra A ele faz 15,0 na estrada...imagine no monza que é mais leve. :mrgreen:


Até onde sei, o cabeçote do EFI é igual ao do MPFI. O do carburado que é diferente, que era o caso do Fernando. No diferencial não precisa mexer.

Ah, o Vectra deve fazer 15km/l andando a 70km/h... no máximo 80. E o Monza faria menos de qualquer jeito, pois na estrada, o que importa é aerodinâmica (que é melhor no Vectra), não peso :wink:




Pelo menos quando comprei o jogo de juntas da sabó, veio tmbm do Vectra 8V MPFI do coletor de admissao e é diferente do monza EFI.

O Vectra 8V modelo antigo é bem economico. Isso já ouvi de 5 donos e não tenho dúvidas.
Pior que andando a 100KM/h o carro faz 15......
Hoje em dia que não sabem fazer carros economicos, tem 1.0 aí fazendo 11 na gasola......
2010-2014 - Monza SL/E 2.0 EFI 1992 Completo
03/2005-06/2009 Ex-Monza Hitech 1993/1994 2.0 EFI Completo + ABS
Familia: 1992-1998 Monza SL/E 1987/1988 2.0 Alcool + Commpl. + Automatic + 5 Rodas Classic + Antena Elet. + Lant. Fume (Rara configuraçao)
Marcel Murai
MODERADOR
 
Mensagens: 2358
Registrado em: 01 Fev 2007, 19:44
Estado: SP - São Paulo
Cidade: Interior
Monza: Não tenho Monza! :(
Ano/Modelo: Não tenho Monza! :(
Sist. Alimentação: Não tenho Monza! :(
Combustível: Não tenho Monza! :(

Re: Modulo de Injeção

Mensagempor RicardoDS » 29 Fev 2008, 13:51

Marcel Murai escreveu:O Vectra 8V modelo antigo é bem economico. Isso já ouvi de 5 donos e não tenho dúvidas.
Pior que andando a 100KM/h o carro faz 15......
Hoje em dia que não sabem fazer carros economicos, tem 1.0 aí fazendo 11 na gasola......


E faz mesmo, com um Vectra 94 já fiz uma média de 14,6km/l na estrada.
Avatar do usuário
RicardoDS
ADMINISTRADOR
 
Mensagens: 5815
Registrado em: 14 Jan 2007, 12:52
Estado: PR - Paraná
Cidade: RM de CTBA
Monza: Sedan SL/E 1.8
Ano/Modelo: 1988/1989
Sist. Alimentação: Carburador 2E
Combustível: Gasolina

Re: Modulo de Injeção

Mensagempor Diego Paiva » 29 Fev 2008, 14:22

RicardoDS escreveu:
Marcel Murai escreveu:O Vectra 8V modelo antigo é bem economico. Isso já ouvi de 5 donos e não tenho dúvidas.
Pior que andando a 100KM/h o carro faz 15......
Hoje em dia que não sabem fazer carros economicos, tem 1.0 aí fazendo 11 na gasola......


E faz mesmo, com um Vectra 94 já fiz uma média de 14,6km/l na estrada.


Se não me engano... o vectra GSi, 16V.. é ainda mais economico que o 8V... O pessoal faz 10~11km/l na cidade, pode olhar no vectra clube. Deve ser por conta da injeção sequencial, SFi.

No meu monza.. ja fiz 13,5 andando a 110~120, com o AC ligado. Andando com 100km/h direto, acho que faz uns 14.... Mas nunca testei, hehe.
Monza GLS 96/96 - Verde Rousseau - COMPLETO
Omega CD 4.1 98/98 - Preto Liszt
Ex-Monza Classic SE 92/92 - Vermelho Ciprius - COMPLETO
Ex-Opala Comodoro SL/E 90/90 - Cinza Berílio - COMPLETO

Tópico de Restauração: Restauração Monza GLS 96 + Teto Solar - A SAGA!
Avatar do usuário
Diego Paiva
MODERADOR
 
Mensagens: 10996
Registrado em: 14 Dez 2006, 13:48
Estado: CE - Ceará
Cidade: Fortaleza
Monza: Sedan GLS 2.0
Ano/Modelo: 1996/1996
Sist. Alimentação: EFI
Combustível: Gasolina

Re: Modulo de Injeção

Mensagempor 500EF » 29 Fev 2008, 15:54

Diego Paiva escreveu:Se não me engano... o vectra GSi, 16V.. é ainda mais economico que o 8V... O pessoal faz 10~11km/l na cidade, pode olhar no vectra clube. Deve ser por conta da injeção sequencial, SFi.


SFI mais ou menos... hehehe

Depois de 2.500 rpm, nenhuma ie de carro nacional é sequencial de verdade...

E o Vectra 2.2 16v aqui de casa faz 7 km/l na gasolina dentro da cidade... Na estrada até que vai bem, 12,5...

No meu monza.. ja fiz 13,5 andando a 110~120, com o AC ligado. Andando com 100km/h direto, acho que faz uns 14.... Mas nunca testei, hehe.


Já fiz 16,5 no meu, andando entre 80 e 100 km/h, numa viagem de quase 200km. (foi na época que estavam começando a colocar radares móveis nas rodovias).
Eduardo Rettore
Monza Classic 500 EF - 2.0i MPFi
Turbo @ 0,8 bar - Legalizado.
Avatar do usuário
500EF
MODERADOR
 
Mensagens: 4008
Registrado em: 24 Ago 2007, 17:13
Estado: MG - Minas Gerais
Cidade: Belo Horizonte
Monza: Sedan SL/E 1.8
Ano/Modelo: 1990/1990
Combustível: Álcool/Etanol

Re: Modulo de Injeção

Mensagempor RicardoDS » 29 Fev 2008, 16:00

Diego Paiva escreveu:Se não me engano... o vectra GSi, 16V.. é ainda mais economico que o 8V... O pessoal faz 10~11km/l na cidade, pode olhar no vectra clube. Deve ser por conta da injeção sequencial, SFi.


Acho que na cidade o GSi não consegue ser mais economico do que o 8v. Já dirigi algumas vezes Vectra GSi, e achei ele muito xoxo até uns 2500rpm, fica bom mesmo depois de 3000rpm, e na cidade eu costumo trocar de marchas entre 1800 e 2500rpm, só estico um pouco mais em subidas, daí no GSi precisa pisar mais em giro baixo pra ele andar como o 8v anda.

Apesar de que consumo é muito relativo, depende de como está o trânsito, o relevo da região também influencia muito, etc...
Avatar do usuário
RicardoDS
ADMINISTRADOR
 
Mensagens: 5815
Registrado em: 14 Jan 2007, 12:52
Estado: PR - Paraná
Cidade: RM de CTBA
Monza: Sedan SL/E 1.8
Ano/Modelo: 1988/1989
Sist. Alimentação: Carburador 2E
Combustível: Gasolina

Re: Modulo de Injeção

Mensagempor Fastback » 29 Fev 2008, 16:11

Marcel Murai escreveu:
TheRipper escreveu:Até onde sei, o cabeçote do EFI é igual ao do MPFI. O do carburado que é diferente, que era o caso do Fernando. No diferencial não precisa mexer.


Pelo menos quando comprei o jogo de juntas da sabó, veio tmbm do Vectra 8V MPFI do coletor de admissao e é diferente do monza EFI.

O Vectra 8V modelo antigo é bem economico. Isso já ouvi de 5 donos e não tenho dúvidas.
Pior que andando a 100KM/h o carro faz 15......
Hoje em dia que não sabem fazer carros economicos, tem 1.0 aí fazendo 11 na gasola......



Pois é... E tem um detalhe MUITO importante na conversão do nosso amigo Fernando. Foi utilizado coletor do Astra. Ou seja, o que era pra ser diferente, de fato é mesmo! :mrgreen:
Mesmo assim, TheRipper, tu comentou em uma das tuas respostas sobre eu arrancar a calça boca de sino de cima do meu motor pra colocar uma coisa mais moderninha. Tu, como um bom usuário de MS, poderia me dizer o que de fato precisa mudar no meu motor?
Digo, os sensores são aceitos numa boa? Além do coletor, que vai ter 4 bicos ao invés daquela TBI com um bico só e da sonda lambda, do que mais eu vou precisar? Esse procedimento não vai alterar em nada o funcionamento do resto dos componentes não, né?
Por exemplo, no esquema da rochester temos sinais de comando do ar condicionado e o acionamento do eletroventilador. O que fazer com eles quando reitrar a injeção antiga?
Ainda quero trocar uma idéia contigo. Quando puder, entra em contato! :smt024
Abraço!
Avatar do usuário
Fastback
Membro Classic (Ní­vel 7)
 
Mensagens: 854
Registrado em: 12 Dez 2006, 15:20


Voltar para Elétrica e Iluminação

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 4 visitantes