Sensor de Velocidade deixando carro acelerado.

Assuntos específicos sobre Injeção eletrônica e Carburador.
Anpiseis
Monzeiro Jr. (Nível 0)
Mensagens: 18
Registrado em: 19 Nov 2011, 00:08
Cidade:
Estado: - SELECIONE --------
Modelo: - SELECIONE --------

Re: Sensor de Velocidade deixando carro acelerado.

Mensagem não lida por Anpiseis » 23 Dez 2011, 18:58

waldir escreveu:
Como assim dentro do Map... vc fala abri aquele peça de plastico?
meu carro ta meio sonso... o tbi sujo pode fazer ele ficar sem abrir giro?
teste,
não precisa e nem deve abrir (se fizer, detona). Desconecte e remova o MAP e a mangueira. Bata com o o MAP sem a mangueira na palma da mão...
se tiver liquido dentro ele sairá.
Como entrou liquido? pelo vácuo. O motor faz o vácuo em marcha lenta e se a válvula injetora ao ivés de pulverizar ela espirrou
o combustível que escorreu na parede pode ter entrado ao desfazer o vácuo (já aconteceu comigo) Mangueira rachada pode também
puxar umidade ao desfazer o vácuo. Dentro do MAP há uma membrana que flexiona e através de um resistor informa a UCE da voltagem
para os cálculos necessário. Aproveite e 'chicoteie' a mangueirinha... se estiver com liquido, sairá.

Característica de marcha lenta irregular pode ser o motor de passo com agulha emperrada ou alojamento carbonizado. A limpeza minuciosa no
TBI deve aproveitar o direcionador (tubinho vermelho) do CAR 80 e espirrar nos furinhos todos. (cuidado com a vista com qualquer retorno)

Examinar as mangueiras da flauta de distribuição de vácuo e a flauta inclusive se não há rachaduras, mangueira rachada se abre quando encaixa.
Há algum tempo o meu não rendia na subida, parecia estar amarrado... era a mangueira de vácuo do MAP que ao encaixar na flauta ela abria do lado de trás
e não era visível. Precisa espírito investigativo de um CSI com lanterna inclusive.


Imagem

Não abrir giro tem uns tres defeitos inclusive pressão na linha de combustível deficiente.

Abs

waldir
Ok Waldir, boa parte destas suas dicas já foram realizadas, troca da flauta, mangueiras, sensores, o que mata é isso, mesmo após a troca, o problema insiste em continuar, troqui todas as juntas do TBI kit completo, e tudo mais, só que me intriga é o sensor de velocidade que quando desconecto o mesmo, o carro pára de acelerar mesmo em alta na rodovia porém acende a luz da injeção que é normal, depois conecto o sensor de velocidade e o carro fica uma m..., acelerado entre 1.500 e 2.000 RPM, além de estar com consumo alto ápós este problema..

Avatar do usuário
waldir
Membro 500EF (Ní­vel 9)
Mensagens: 3570
Registrado em: 18 Mai 2008, 09:19
Cidade: Campinas
Estado: São Paulo-SP
Modelo: Monza GLS
Motor: 2.0
Ano: 1995
Combustível:: Etanol
Injeção: EFi

Re: Sensor de Velocidade deixando carro acelerado.

Mensagem não lida por waldir » 23 Dez 2011, 21:00

Ok Waldir, boa parte destas suas dicas já foram realizadas, troca da flauta, mangueiras, sensores, o que mata é isso, mesmo após a troca, o problema insiste em continuar, troqui todas as juntas do TBI kit completo, e tudo mais, só que me intriga é o sensor de velocidade que quando desconecto o mesmo, o carro pára de acelerar mesmo em alta na rodovia porém acende a luz da injeção que é normal, depois conecto o sensor de velocidade e o carro fica uma m..., acelerado entre 1.500 e 2.000 RPM, além de estar com consumo alto ápós este problema.. Anpiseis
Anpiseis,

Ao desconectar o s. Velocidade a UCE entra em modo de Emergência e toca o motor com um padrão de informações gravado na memória ou utiliza a informação de outros sensores... o que indica que o problema "PODE" estar no S. Veloc ou também em outro sensor como Interruptor da borboleta e Motor de passo e até no sensor de temperatura (bolha de ar no pé do sensor)

Confira novamente se o fio marrom do sensor está aparafusado na carcaça do alternador; se o fio preto está conectado com o positivo pos chave fusivel J2 e se o outro fio está conectado no terminal A10 da UCE. Teste a continuidade destes fios com um multímetro.

Examine também a abertura da borboleta, abrindo ao máximo ( motor desligado) e soltando devagar e observe se volta à posição normal, fechadinha (faça isso várias vezes)
Pode ser a mola do eixo da borboleta emperrando. (dependendo da folga pode dar entrada falsa de ar pelo eixo.

O seu motor manda bem nas subidas, ele corresponde à aceleração ou fica amarrado? Se amarrado pode ser entrada falsa de ar. Ao pisar no freio ele resiste ou dá um puff e abaixa o pedal um pouco (pode ser retentor do servo-freio dando entrada falsa de ar e ele não manda bem na subida)

Anpiseis, precisa paciência... checar os sensores com a tabela de voltagem. Verifique os fios dos conectores se não estão partidos. Com a redução da velocidade ou na marcha lenta a tendência é o carro tremer mais e se tiver um fio partido vai passar informação errada para a UCE e bagunçar os cálculos.

O Carlos do MonzaClub/RS falou algo sobre cambio noutra mensagem noutro tópico sobre o VSS para Mk-pontes, cheque isso também. A luz acendente de troca de marcha é o de menor importancia, pq a aceleração acaba consumindo excessivamente.
Penso que o S. Veloc está sofrendo um efeito cascata de outros sensores.
MONZA - GLS 95 2.0 EFI - Alcool - Vermelho Goya

Anpiseis
Monzeiro Jr. (Nível 0)
Mensagens: 18
Registrado em: 19 Nov 2011, 00:08
Cidade:
Estado: - SELECIONE --------
Modelo: - SELECIONE --------

Re: Sensor de Velocidade deixando carro acelerado.

Mensagem não lida por Anpiseis » 23 Dez 2011, 23:19

waldir escreveu:
Ok Waldir, boa parte destas suas dicas já foram realizadas, troca da flauta, mangueiras, sensores, o que mata é isso, mesmo após a troca, o problema insiste em continuar, troqui todas as juntas do TBI kit completo, e tudo mais, só que me intriga é o sensor de velocidade que quando desconecto o mesmo, o carro pára de acelerar mesmo em alta na rodovia porém acende a luz da injeção que é normal, depois conecto o sensor de velocidade e o carro fica uma m..., acelerado entre 1.500 e 2.000 RPM, além de estar com consumo alto ápós este problema.. Anpiseis
Anpiseis,

Ao desconectar o s. Velocidade a UCE entra em modo de Emergência e toca o motor com um padrão de informações gravado na memória ou utiliza a informação de outros sensores... o que indica que o problema "PODE" estar no S. Veloc ou também em outro sensor como Interruptor da borboleta e Motor de passo e até no sensor de temperatura (bolha de ar no pé do sensor)

Confira novamente se o fio marrom do sensor está aparafusado na carcaça do alternador; se o fio preto está conectado com o positivo pos chave fusivel J2 e se o outro fio está conectado no terminal A10 da UCE. Teste a continuidade destes fios com um multímetro.

Examine também a abertura da borboleta, abrindo ao máximo ( motor desligado) e soltando devagar e observe se volta à posição normal, fechadinha (faça isso várias vezes)
Pode ser a mola do eixo da borboleta emperrando. (dependendo da folga pode dar entrada falsa de ar pelo eixo.

O seu motor manda bem nas subidas, ele corresponde à aceleração ou fica amarrado? Se amarrado pode ser entrada falsa de ar. Ao pisar no freio ele resiste ou dá um puff e abaixa o pedal um pouco (pode ser retentor do servo-freio dando entrada falsa de ar e ele não manda bem na subida)

Anpiseis, precisa paciência... checar os sensores com a tabela de voltagem. Verifique os fios dos conectores se não estão partidos. Com a redução da velocidade ou na marcha lenta a tendência é o carro tremer mais e se tiver um fio partido vai passar informação errada para a UCE e bagunçar os cálculos.

O Carlos do MonzaClub/RS falou algo sobre cambio noutra mensagem noutro tópico sobre o VSS para Mk-pontes, cheque isso também. A luz acendente de troca de marcha é o de menor importancia, pq a aceleração acaba consumindo excessivamente.
Penso que o S. Veloc está sofrendo um efeito cascata de outros sensores.
Waldir,

Você citou uma coisa importante que pode fazer sentido, semanas atrás, esvaziei o arrefecimento do meu carro inteirinho para lavagem e colocação de aditivos, se não tiver enganado, foi depois deste dia que começou a estar acelerado, agora me diz uma coisa, tem como estar com bolha de ar no sensor de temperatura mesmo já rodado com o carro por vários dias, e se sim, qual passo melhor a fazer??? Esvaziar todo a parte de arrefecimento novamente??
De qualquer forma, muito obrigado pelas informações, amanhã estarei mechendo nele de manhã pra ver se consigo solucionar o problema...

Abçs

Anpiseis
Monzeiro Jr. (Nível 0)
Mensagens: 18
Registrado em: 19 Nov 2011, 00:08
Cidade:
Estado: - SELECIONE --------
Modelo: - SELECIONE --------

Re: Sensor de Velocidade deixando carro acelerado.

Mensagem não lida por Anpiseis » 23 Dez 2011, 23:27

waldir escreveu:
Ok Waldir, boa parte destas suas dicas já foram realizadas, troca da flauta, mangueiras, sensores, o que mata é isso, mesmo após a troca, o problema insiste em continuar, troqui todas as juntas do TBI kit completo, e tudo mais, só que me intriga é o sensor de velocidade que quando desconecto o mesmo, o carro pára de acelerar mesmo em alta na rodovia porém acende a luz da injeção que é normal, depois conecto o sensor de velocidade e o carro fica uma m..., acelerado entre 1.500 e 2.000 RPM, além de estar com consumo alto ápós este problema.. Anpiseis
Anpiseis,

Ao desconectar o s. Velocidade a UCE entra em modo de Emergência e toca o motor com um padrão de informações gravado na memória ou utiliza a informação de outros sensores... o que indica que o problema "PODE" estar no S. Veloc ou também em outro sensor como Interruptor da borboleta e Motor de passo e até no sensor de temperatura (bolha de ar no pé do sensor)

Confira novamente se o fio marrom do sensor está aparafusado na carcaça do alternador; se o fio preto está conectado com o positivo pos chave fusivel J2 e se o outro fio está conectado no terminal A10 da UCE. Teste a continuidade destes fios com um multímetro.

Examine também a abertura da borboleta, abrindo ao máximo ( motor desligado) e soltando devagar e observe se volta à posição normal, fechadinha (faça isso várias vezes)
Pode ser a mola do eixo da borboleta emperrando. (dependendo da folga pode dar entrada falsa de ar pelo eixo.

O seu motor manda bem nas subidas, ele corresponde à aceleração ou fica amarrado? Se amarrado pode ser entrada falsa de ar. Ao pisar no freio ele resiste ou dá um puff e abaixa o pedal um pouco (pode ser retentor do servo-freio dando entrada falsa de ar e ele não manda bem na subida)

Anpiseis, precisa paciência... checar os sensores com a tabela de voltagem. Verifique os fios dos conectores se não estão partidos. Com a redução da velocidade ou na marcha lenta a tendência é o carro tremer mais e se tiver um fio partido vai passar informação errada para a UCE e bagunçar os cálculos.

O Carlos do MonzaClub/RS falou algo sobre cambio noutra mensagem noutro tópico sobre o VSS para Mk-pontes, cheque isso também. A luz acendente de troca de marcha é o de menor importancia, pq a aceleração acaba consumindo excessivamente.
Penso que o S. Veloc está sofrendo um efeito cascata de outros sensores.
Esqueci de Citar Waldir,

Como me perguntou, se meu carro manda bem em subida, está aparentemente normal, respode sem problema algum e também imagino que não devo condenar somente o SV pois pode estar ocorrendo isto devido a outras informações passadas a UCE por outros sensores...

Avatar do usuário
waldir
Membro 500EF (Ní­vel 9)
Mensagens: 3570
Registrado em: 18 Mai 2008, 09:19
Cidade: Campinas
Estado: São Paulo-SP
Modelo: Monza GLS
Motor: 2.0
Ano: 1995
Combustível:: Etanol
Injeção: EFi

Re: Sensor de Velocidade deixando carro acelerado.

Mensagem não lida por waldir » 24 Dez 2011, 08:01

Você citou uma coisa importante que pode fazer sentido, semanas atrás, esvaziei o arrefecimento do meu carro inteirinho para lavagem e colocação de aditivos, se não tiver enganado, foi depois deste dia que começou a estar acelerado, agora me diz uma coisa, tem como estar com bolha de ar no sensor de temperatura mesmo já rodado com o carro por vários dias, e se sim, qual passo melhor a fazer??? Esvaziar todo a parte de arrefecimento novamente??
De qualquer forma, muito obrigado pelas informações, amanhã estarei mechendo nele de manhã pra ver se consigo solucionar o problema...
Ampiseis,
A bolha é possivel sim pq onde fica o sensor é a parte mais alta do sistema de refrigeração.

Faça o seguinte: Com o motor frio, tire o conector do Sensor de Temperatura no cavalete da VT e desaperte-o algumas voltas e volte a enroscá-lo com a mão e coloque novamente o conector (desenroscar com ele frio devido serem dois materiais com contrações diferentes aluminio e latão)
Editado: (pode ser feito com o motor frio, não é preciso aquecer, mas de qualquer forma cuidado... o liquido aquece rapidamente e está pressionado pela bomba d'água)

Abra a tampa do reservatório para despressurizar o sistema. Ligue o motor, tire o conector e a ventoinha irá ligar e derenrosque 1 volta ou duas e vc verá sair um pouco de liquido e ar formando bolhas na arruela do sensor... quando acabarem as bolhas enrosque o sensor, aperte não muito com a chave de boca correspondente e coloque o conector e se o liquido não estiver acima de 101°C a ventuinha desligará, o que é normal. Complete o reservatório de expansão se for necessário durante o processo, ou complete no final se necessário.
A UCE utiliza informações de temperatura para cálculos de abertura do motor de passo e cruza informações vinda de outros sensores.

Tomara que seja só falta desta 'sangria' do sistema de refrigeração.

Boa Sorte

waldir
MONZA - GLS 95 2.0 EFI - Alcool - Vermelho Goya

Anpiseis
Monzeiro Jr. (Nível 0)
Mensagens: 18
Registrado em: 19 Nov 2011, 00:08
Cidade:
Estado: - SELECIONE --------
Modelo: - SELECIONE --------

Re: Sensor de Velocidade deixando carro acelerado.

Mensagem não lida por Anpiseis » 24 Dez 2011, 10:40

waldir escreveu:
Você citou uma coisa importante que pode fazer sentido, semanas atrás, esvaziei o arrefecimento do meu carro inteirinho para lavagem e colocação de aditivos, se não tiver enganado, foi depois deste dia que começou a estar acelerado, agora me diz uma coisa, tem como estar com bolha de ar no sensor de temperatura mesmo já rodado com o carro por vários dias, e se sim, qual passo melhor a fazer??? Esvaziar todo a parte de arrefecimento novamente??
De qualquer forma, muito obrigado pelas informações, amanhã estarei mechendo nele de manhã pra ver se consigo solucionar o problema...
Ampiseis,
A bolha é possivel sim pq onde fica o sensor é a parte mais alta do sistema de refrigeração.

Faça o seguinte: Com o motor frio, tire o conector do Sensor de Temperatura no cavalete da VT e desaperte-o algumas voltas e volte a enroscá-lo com a mão e coloque novamente o conector (desenroscar com ele frio devido serem dois materiais com contrações diferentes aluminio e latão)
Editado: (pode ser feito com o motor frio, não é preciso aquecer, mas de qualquer forma cuidado... o liquido aquece rapidamente e está pressionado pela bomba d'água)

Abra a tampa do reservatório para despressurizar o sistema. Ligue o motor, tire o conector e a ventoinha irá ligar e derenrosque 1 volta ou duas e vc verá sair um pouco de liquido e ar formando bolhas na arruela do sensor... quando acabarem as bolhas enrosque o sensor, aperte não muito com a chave de boca correspondente e coloque o conector e se o liquido não estiver acima de 101°C a ventuinha desligará, o que é normal. Complete o reservatório de expansão se for necessário durante o processo, ou complete no final se necessário.
A UCE utiliza informações de temperatura para cálculos de abertura do motor de passo e cruza informações vinda de outros sensores.

Tomara que seja só falta desta 'sangria' do sistema de refrigeração.

Boa Sorte

waldir
Waldir,

Relizei o procedimento conforme você citou, chegou a sair sim bolhas de ar no sensor de temperatura, inclusive ficou um pouco menos acelerado por volta de 1500 agora, dei umas estilingadas na SP aqui perto de minha casa, mas ainda está acelerado, não citei, quando fiz a limpeza no sistema de arrefecimento, teve uma hora que o carro morreu na hora em que a VT abriu, e deu a aparecer que seria bolhas de ar no sistema, será que devo sangrar todo o sistema novemente afim de tirar possíveis bolhas de ar, ou o único lugar que pode ficar alocado é mesmo próximo a VT e sensor de temperatura???

Avatar do usuário
waldir
Membro 500EF (Ní­vel 9)
Mensagens: 3570
Registrado em: 18 Mai 2008, 09:19
Cidade: Campinas
Estado: São Paulo-SP
Modelo: Monza GLS
Motor: 2.0
Ano: 1995
Combustível:: Etanol
Injeção: EFi

Re: Sensor de Velocidade deixando carro acelerado.

Mensagem não lida por waldir » 24 Dez 2011, 11:14

Ampiseis,

faça com o motor quente assim que ligar a ventoinha, mas não destampe o reservatório... e todo cuidado para não se queimar é pouco.

Quando eu lavo o sistema eu faço a sangria na primeira e na segunda ligada da ventoinha.
MONZA - GLS 95 2.0 EFI - Alcool - Vermelho Goya

Anpiseis
Monzeiro Jr. (Nível 0)
Mensagens: 18
Registrado em: 19 Nov 2011, 00:08
Cidade:
Estado: - SELECIONE --------
Modelo: - SELECIONE --------

Re: Sensor de Velocidade deixando carro acelerado.

Mensagem não lida por Anpiseis » 24 Dez 2011, 12:12

waldir escreveu:Ampiseis,

faça com o motor quente assim que ligar a ventoinha, mas não destampe o reservatório... e todo cuidado para não se queimar é pouco.

Quando eu lavo o sistema eu faço a sangria na primeira e na segunda ligada da ventoinha.
OK Waldir, realizei estes procedimentos novamente com o motor quente e saiu mais um tanto de Ar próximo ao ST, após testes novamente na SP, o mesmo continua acelerado, retirei o o chicote do sensor de velocidade e dei 140Km/h, retirei o pé do acelerador o carro morreu, dei partida novamente e ficou a 1000 RPM normal, parei novamente, conectei o chicote do sensor e o carro voltou a ficar a 1500 RPM, Me diga uma coisa, carro fora do ponto, ou até mesmo o sensor de marca não sendo original pode estar relacionado??
O sensor que está em meu carro é da SENSORAUTO, tô pensando em comprar um original, já que nenhum mecânico consegue resolver, no caso seria da Marca VALEO o sensor orinal ou há outros?? Desde já, agradeço muito a sua ajuda e atenção.

Responder