quais vantagens e desvantagens de rebaixar o cabeçote?

Assuntos relacionados à performance, conversão para álcool, etc.
roger vasconcelos
Membro SL (Ní­vel 1)
Mensagens: 44
Registrado em: 20 Jan 2013, 03:25
Cidade:
Estado: - SELECIONE --------
Modelo: - SELECIONE --------

quais vantagens e desvantagens de rebaixar o cabeçote?

Mensagempor roger vasconcelos » 23 Jan 2013, 16:37

ola amigos tenho mais uma duvida q para vocês sera facil quais as vantagens q consigo obter em um cabeçoe rebaixado tamto em força como agilidade e consumo e quais desvantagens desta modificaçao isto tras algum risco para meu motor, desgaste mais rapido de algumas peças ou coisas do tipo. abraços

Avatar do usuário
vrsilva
Membro Hi-Tech (Ní­vel 10)
Mensagens: 6494
Registrado em: 12 Dez 2010, 10:47
Cidade:
Estado: - SELECIONE --------
Modelo: - SELECIONE --------

Re: quais vantagens e desvantagens de rebaixar o cabeçote?

Mensagempor vrsilva » 23 Jan 2013, 16:48

Quem pode te responder com precisão estas questões é o Eduardo Retore, usuario 500EF, ele tem essas modificações no monza dele, além de ser turbo... Alias todos os carros dele sofrem essas alterações, mas não é somente rebaixamente, tem outras coisas que ele faz para deixar o carro melhor...

Vamos esperar ele se manifestar...
Vinícius Ribeiro - Mecatronico.
EX - Monza GLS 93/94 2.0 E.F.I Alcool verde vivaldi.
Monza GLS 94/95 2.0 E.F.I Alcool Cinza Bartok 116cv.

Avatar do usuário
lc_ss
Membro GL (Ní­vel 2)
Mensagens: 179
Registrado em: 17 Dez 2008, 23:18
Cidade:
Estado: - SELECIONE --------
Modelo: - SELECIONE --------

Re: quais vantagens e desvantagens de rebaixar o cabeçote?

Mensagempor lc_ss » 23 Jan 2013, 20:21

Posso falar por experiência própria e teórica: rebaixando o cabeçote você aumenta a taxa de compressão fazendo com que a mistura ar/combustível se comprima mais no momento da explosão, gerando assim mais energia ou seja, torque/potência.

Vantagens: diminui o consumo e aumenta o rendimento do motor (um está ligado ao outro, é uma consequência);

Desvantagem: pode ocasionar a batida de pino caso essa taxa de compressão seja adotada em excesso, fenômeno que é prejudicial ao motor.

Pra termos de comparação, um motor aspirado a gasolina comum a taxa ideal é por volta de 10,5 aproximadamente, pra rodar com gasolina comum; a álcool, seria de 13,5:1 mais ou menos. Teu motor é original gasolina carburado?
Monza SL/E 90 AC/DH/VE 4 portas
MegaSquirt 2 + cabeçote roletado + escape 2" inox!

Avatar do usuário
Rafaelo
MODERADOR
Mensagens: 9938
Registrado em: 13 Jan 2007, 09:32
Cidade: serra gaúcha
Estado: Rio Grande do Sul-RS
Modelo: Monza Hatch
Motor: 2.0
Ano: 1982
Combustível:: Etanol
Injeção: MPFi

Re: quais vantagens e desvantagens de rebaixar o cabeçote?

Mensagempor Rafaelo » 23 Jan 2013, 21:07

sem contar que melhora o poder freio motor, desvantagem é que pesa mais o sistema motriz do motor(correia,motor de arranque). pode aquecer mais. isso eu digo no extremo.

alcool da pra fazer 15:1 com programavel e 13:1 podium, acima disso ocorre pre detonaçao, ja é uma questao fisica e nao mecanica(avanço,etc). se teu motor tem 9.2 coloca 10.5:1 e vai ver oque é andar e com economia.
Monza Hatch Custom - Preto Liszt - ECU PROecu v2.0 N20XF - Motor N20XF FlexPower 2.0 2012 0.km Legalizado - ABS 8.0 - Freios 5F 288/286mm - Sistema Escapamento Inox 304 - Customização desde 2005~Presente

Meglio vivere un giorno da leone che cento anni da pecora!

roger vasconcelos
Membro SL (Ní­vel 1)
Mensagens: 44
Registrado em: 20 Jan 2013, 03:25
Cidade:
Estado: - SELECIONE --------
Modelo: - SELECIONE --------

Re: quais vantagens e desvantagens de rebaixar o cabeçote?

Mensagempor roger vasconcelos » 23 Jan 2013, 21:52

lc_ss escreveu:Posso falar por experiência própria e teórica: rebaixando o cabeçote você aumenta a taxa de compressão fazendo com que a mistura ar/combustível se comprima mais no momento da explosão, gerando assim mais energia ou seja, torque/potência.

Vantagens: diminui o consumo e aumenta o rendimento do motor (um está ligado ao outro, é uma consequência);

Desvantagem: pode ocasionar a batida de pino caso essa taxa de compressão seja adotada em excesso, fenômeno que é prejudicial ao motor.

Pra termos de comparação, um motor aspirado a gasolina comum a taxa ideal é por volta de 10,5 aproximadamente, pra rodar com gasolina comum; a álcool, seria de 13,5:1 mais ou menos. Teu motor é original gasolina carburado?

ola amigo meu.monza era a alcool mas o ex dono dele passou ele para gasolina e o carburador dele parece ser de carro a alcool tambem assim como disse um amigo monzeiro tambem.

roger vasconcelos
Membro SL (Ní­vel 1)
Mensagens: 44
Registrado em: 20 Jan 2013, 03:25
Cidade:
Estado: - SELECIONE --------
Modelo: - SELECIONE --------

Re: quais vantagens e desvantagens de rebaixar o cabeçote?

Mensagempor roger vasconcelos » 23 Jan 2013, 21:56

Rafaelo escreveu:sem contar que melhora o poder freio motor, desvantagem é que pesa mais o sistema motriz do motor(correia,motor de arranque). pode aquecer mais. isso eu digo no extremo.

alcool da pra fazer 15:1 com programavel e 13:1 podium, acima disso ocorre pre detonaçao, ja é uma questao fisica e nao mecanica(avanço,etc). se teu motor tem 9.2 coloca 10.5:1 e vai ver oque é andar e com economia.

me desculpem pela minha burrice pois quero ter a chance de aprender o maximo sobre meu monza com voces q sao profissionais mas o que.significa estes numeros 9,2 ou 10.5:1 nao entendo?

Avatar do usuário
Rafaelo
MODERADOR
Mensagens: 9938
Registrado em: 13 Jan 2007, 09:32
Cidade: serra gaúcha
Estado: Rio Grande do Sul-RS
Modelo: Monza Hatch
Motor: 2.0
Ano: 1982
Combustível:: Etanol
Injeção: MPFi

Re: quais vantagens e desvantagens de rebaixar o cabeçote?

Mensagempor Rafaelo » 23 Jan 2013, 22:15

é o "quantas vezes" o seu volume admitido é comprimido na camara de combustao. o teu motor atual e 8X ou seja 8:1. quanto maior esse numero mais potencia e economia ele gera, mais existe um limite.
Monza Hatch Custom - Preto Liszt - ECU PROecu v2.0 N20XF - Motor N20XF FlexPower 2.0 2012 0.km Legalizado - ABS 8.0 - Freios 5F 288/286mm - Sistema Escapamento Inox 304 - Customização desde 2005~Presente

Meglio vivere un giorno da leone che cento anni da pecora!

Avatar do usuário
500EF
MODERADOR
Mensagens: 5596
Registrado em: 24 Ago 2007, 17:13
Cidade: BH
Estado: Minas Gerais-MG
Modelo: Monza 500 EF
Motor: 2.0
Ano: 1990
Combustível:: Etanol
Injeção: MPFi

Re: quais vantagens e desvantagens de rebaixar o cabeçote?

Mensagempor 500EF » 24 Jan 2013, 08:55

Já falaram tudo aí em cima.

Este é o jeito mais fácil e barato de elevar a taxa de compressão.

Mais taxa = mais eficiência no motor. O limite disso é o quanto o combustível aguenta ser comprimido sem detonar. Gasolina comum/aditivada resistem menos. Gasolina podium e álcool, bem mais.

E só uma pequena correção, no meu 500EF turbo o cabeçote é original (já passou por um passe só para limpeza, quando o revisei, na montagem do turbo. Mas isso praticamente não altera a taxa). Já usei mais taxa no meu ex-vectra 2.2 16v através da troca dos pistões (o cabeçote 16v quase não tem material para tirar) e uso na blazer um cabeçote rebaixado em 2mm + junta fina (+0,7mm de rebaixo).

Estou para fazer o mesmo num astra flex. Deixa só as malditas contas de início de ano passarem... hehehe.
Eduardo Rettore
Monza Classic 500 EF - 2.0i MPFi
Turbo@ 1 bar-Legalizado.
Imagem

Avatar do usuário
vrsilva
Membro Hi-Tech (Ní­vel 10)
Mensagens: 6494
Registrado em: 12 Dez 2010, 10:47
Cidade:
Estado: - SELECIONE --------
Modelo: - SELECIONE --------

Re: quais vantagens e desvantagens de rebaixar o cabeçote?

Mensagempor vrsilva » 24 Jan 2013, 11:28

Eduardo, passa aí uma receitinha básica de preparação no cabeçote...
Vinícius Ribeiro - Mecatronico.
EX - Monza GLS 93/94 2.0 E.F.I Alcool verde vivaldi.
Monza GLS 94/95 2.0 E.F.I Alcool Cinza Bartok 116cv.

Avatar do usuário
500EF
MODERADOR
Mensagens: 5596
Registrado em: 24 Ago 2007, 17:13
Cidade: BH
Estado: Minas Gerais-MG
Modelo: Monza 500 EF
Motor: 2.0
Ano: 1990
Combustível:: Etanol
Injeção: MPFi

Re: quais vantagens e desvantagens de rebaixar o cabeçote?

Mensagempor 500EF » 24 Jan 2013, 12:06

Não tem mistério...

Rebaixo e "limpada" nas rebarbas dos dutos de escape (como eu comentei no outro tópico, no EFI eu não sei como se comportaria se fizer o mesmo nos de admissão, talvez não seja boa idéia).

O quanto vai rebaixar depende do projeto (da taxa que quer atingir e do combustível que vai usar).

E o principal, alguém que saiba o que está fazendo, para depois não vir com lorota do tipo "eu avisei que não podia rebaixar tanto", para justificar cagada no "selvisso" que ele fez na "alficina". Vide o caso do ex-vectra do José Leal...
Eduardo Rettore
Monza Classic 500 EF - 2.0i MPFi
Turbo@ 1 bar-Legalizado.
Imagem


Voltar para “Turbo, Preparação e Adaptação”

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Yahoo [Bot] e 3 visitantes