Instalação da injeção do Astra 99 no Monza 92, com chave codificada

Assuntos relacionados à performance, conversão para álcool, etc.
Michell Bertucio
Monzeiro Jr. (Nível 0)
Mensagens: 13
Registrado em: 24 Fev 2019, 20:31
Cidade: Barra do Piraí
Estado: Rio de Janeiro-RJ
Modelo: Monza SLE
Motor: 2.0
Ano: 1992
Combustível:: GNV
Injeção: EFi

Instalação da injeção do Astra 99 no Monza 92, com chave codificada

Mensagem não lida por Michell Bertucio »

Boa noite amigos mineiros, estou começando um projeto no meu Monza 92, instalar injeção do Astra 99 com chave codificada.
Consegui com um amigo a injeção completa do Astra, com tudo que tem direito, inclusive a chave codificada.
Vou ter que fazer algumas mudanças no chicote para adequar ao sistema elétrico do Monza, já não aguento mais passar raiva com a injeção EFI original.
Até o momento o custo está sendo de 1.000,00 pela injeção completa, incluindo o chicote elétrico de toda a frente do carro. A única coisa que terei que comprar será o reservatório do hidráulico que é separado da bomba e o carro tinha direção eletro-hidráulica, que já tinha sido vendida.
Fico aberto a sugestões, críticas e ajuda de quem já tenha feito esse tipo de serviço.
No decorrer da instalação posto fotos aqui.

Avatar do usuário
dutra s a
Membro Classic SE (Ní­vel 8)
Mensagens: 2254
Registrado em: 29 Abr 2010, 23:31
Cidade: SP
Estado: São Paulo-SP
Modelo: Monza GLS
Motor: 2.0
Ano: 1994
Combustível:: Etanol
Injeção: EFi

Re: Instalação da injeção do Astra 99 no Monza 92, com chave codificada

Mensagem não lida por dutra s a »

Michel, qual seria os problemas a ponto de estar com raiva da injeção EFI?
Fiquei curioso, rsrs!

abs estamos ai
CAÇA 94 GLS F 18WR+ ETANOL X 2.0 E.F.I. - DCR

Michell Bertucio
Monzeiro Jr. (Nível 0)
Mensagens: 13
Registrado em: 24 Fev 2019, 20:31
Cidade: Barra do Piraí
Estado: Rio de Janeiro-RJ
Modelo: Monza SLE
Motor: 2.0
Ano: 1992
Combustível:: GNV
Injeção: EFi

Re: Instalação da injeção do Astra 99 no Monza 92, com chave codificada

Mensagem não lida por Michell Bertucio »

Bom dia Dutra, já foi necessário trocar todos os sensores e atuadores do sistema de injeção em 3 anos que tenho o carro, já desmontei e revisei todo o chicote da injeção, já troquei tampa do distribuidor, rotor, cabos e velas, e sempre tem algo novo aparecendo.
De uns meses pra cá ele acende a luz da injeção andando e logo apaga, nesse período da luz acesa o carro perde força e rendimento, pelo código lampejante não acusa nada, na minha região não consegui ninguém que tenha scanner para ler os parâmetros da injeção para achar o defeito e ainda depois que esquenta o carro falha muito em baixa rotação.
Obs: procuro sempre usar peças de primeira linha, e já troquei o módulo da injeção pelo do carro de um amigo que não usa o sistema de acionamento das ventoinhas originais, pois o meu módulo não estava acionando as ventoinhas.
Gosto muito desse carro para desfazer dele por causa de problemas na injeção.
Meu carro roda na gasolina e GNV, já retirei todo o sistema de GNV para fins de teste, só me mostrou que o carro não é beberrão como dizem por aí.

Avatar do usuário
dutra s a
Membro Classic SE (Ní­vel 8)
Mensagens: 2254
Registrado em: 29 Abr 2010, 23:31
Cidade: SP
Estado: São Paulo-SP
Modelo: Monza GLS
Motor: 2.0
Ano: 1994
Combustível:: Etanol
Injeção: EFi

Re: Instalação da injeção do Astra 99 no Monza 92, com chave codificada

Mensagem não lida por dutra s a »

Boa tarde Michel.

De fato eu reconheço estes tipos de problemas, pois já passei por todos e mais um pouco kkkkk! Eu arrumava uma coisa aqui e depois aparecia mais 3 em outros pontos e, fica difícil mesmo sem um scanner para pegar o defeito na hora que acontece.

Muito foi dito aqui sobre trocas de peças sem o devido teste, mesmo com um simples multímetro onde muitas vezes se acaba criando um problema onde não tem. Como você já verificou sem estar com o sistema GNV instalado e não achou nada, então acredito que na instalação podem ter danificado algo onde pode refletir em muitas outras coisas e fica camuflado, pois acontece muito isso com instalação de GNV.

O código lampejante só vai aparecer quando o problema persiste, pois a injeção EFI se auto corrige quando sanado e nisso ao ver o código não irá aparecer nada, não é como muitas injeções que fica gravado o código e se precisa do scanner para apagar e as vezes o carro só anda melhor depois que apaga, o bom da injeção EFI é isso, se auto corrige.

Sobre perder rendimento ao ascender a luz da injeção deveria verificar mais afundo o CTS, MAP, ,TPS e potenciômetro de CO, eles são interligados via positivo e terra. Eu diria que seria os principais para ajuste e a partir dai verificar VSS, pressão de combustível, ponto de correia, da ignição e velas adequadas, também o aterramento geral, principalmente o do módulo da injeção EFI (no caso do Monza EFI é mais fácil de fazer essas manutenções).

Muito já foi dito aqui sobre o mau contato em conectores, tomadas e etc... Com as vibrações um mínimo mau contato interfere em tudo, mas já que está querendo trocar por uma injeção mais moderna, deve se atentar as ligações a mais para funcionar como o veículo original dessa injeção. Lembrando que essa injeção do Astra foi ajustada para trabalhar com o motor, avanço e tempo de ignição e comando do Astra.

OBS : O Monza EFI muito bem ajustado não é beberrão.

abs estamos ai
CAÇA 94 GLS F 18WR+ ETANOL X 2.0 E.F.I. - DCR

Michell Bertucio
Monzeiro Jr. (Nível 0)
Mensagens: 13
Registrado em: 24 Fev 2019, 20:31
Cidade: Barra do Piraí
Estado: Rio de Janeiro-RJ
Modelo: Monza SLE
Motor: 2.0
Ano: 1992
Combustível:: GNV
Injeção: EFi

Re: Instalação da injeção do Astra 99 no Monza 92, com chave codificada

Mensagem não lida por Michell Bertucio »

Boa noite amigos.
Depois de um tempo sumido aqui, hoje trago algumas atualizações do projeto. Comecei hoje a fazer a substituição do sistema de injeção e me deparei com algumas dificuldades, mas aos poucos estou resolvendo. Hoje já fiz a instalação de algumas partes da injeção (quase todas na verdade), ainda não tenho fotos, pois parei de mexer no carro já estava escuro, amanhã retornarei para o projeto e trago algumas fotos para vocês.
Um dos problemas que me deparei foi o respiro do motor, que no Monza fica na gaiola de válvulas, já no Astra é na tampa de válvulas. Outro problema é que ainda não consegui o esquema elétrico do sistema de imobilizador, para fazer a correta instalação do mesmo. Se alguns dos amigos tiver esse esquema e puder me ajudar, eu agradeço.
Boa noite a todos.

Michell Bertucio
Monzeiro Jr. (Nível 0)
Mensagens: 13
Registrado em: 24 Fev 2019, 20:31
Cidade: Barra do Piraí
Estado: Rio de Janeiro-RJ
Modelo: Monza SLE
Motor: 2.0
Ano: 1992
Combustível:: GNV
Injeção: EFi

Re: Instalação da injeção do Astra 99 no Monza 92, com chave codificada

Mensagem não lida por Michell Bertucio »

Boa tarde galera, hoje consegui adiantar bem o trampo lá no carro, só faltou a mangueira pro reservatório do hidráulico (que vou adquirir amanhã) e não veio a central de controle do arrefecimento (a rapaz que me vendeu o kit da injeção vai arrumar).
Segue imagens da instalação (não reparem a bagunça ainda falta acabamentos 😊😊😊😊).
Você não está autorizado a ver ou baixar esse anexo.

renatocarletti
Membro SL (Ní­vel 1)
Mensagens: 20
Registrado em: 28 Mar 2019, 06:41
Cidade: São Paulo
Estado: São Paulo-SP
Modelo: Monza GLS
Motor: 1.8
Ano: 1993
Combustível:: Etanol
Injeção: EFi

Re: Instalação da injeção do Astra 99 no Monza 92, com chave codificada

Mensagem não lida por renatocarletti »

Opa, beleza?
Como fez o esquema do sensor de rotação? Seu motor já tinha o furo do sensor e a roda fônica no virabrequim, ou colocou uma externa?
Fiz isso no meu Kadett, tirei a EFI e coloquei a MPFI do Kadett 98, foi a melhor coisa que fiz, agora o carro anda mais e gasta menos.
Aproveitei e troquei o motor por um que tem o furo do sensor de rotação no bloco e a roda fônica no virabrequim.
O problema da EFI é que, apesar de ser antiga, ainda se acha quase todas as peças da injeção novas, originais ou de marcas de boa qualidade, menos o bico injetor, que hoje em dia só tem porcaria, sem falar que é uma injeção sem sonda lambda e não tem feedback do que acontece na queima, e não controla a quantidade de combustível de forma precisa nas várias situações de uso do motor. No lugar da lambda, tem o potenciômetro de CO do EFI que é fixo e para regular precisa ter um analisador de gases, que quase ninguém tem.
Agora vou colocar uma injeção programável para ter injeção sequencial, trocar os bicos por bicos mais modernos e aumentar a pressão diferencial da linha, para ter uma pulverização melhor.
Uso o carro no dia a dia, qualquer economia de combustível vale a pena.

Avatar do usuário
dutra s a
Membro Classic SE (Ní­vel 8)
Mensagens: 2254
Registrado em: 29 Abr 2010, 23:31
Cidade: SP
Estado: São Paulo-SP
Modelo: Monza GLS
Motor: 2.0
Ano: 1994
Combustível:: Etanol
Injeção: EFi

Re: Instalação da injeção do Astra 99 no Monza 92, com chave codificada

Mensagem não lida por dutra s a »

Renato, de fato eu concordo com você em algumas coisa, mas tem outras que não, rsrsr!

Deveria ter sim uma sonda e até mesmo junto com o regulador de mistura, luz de aviso da bateria com piloto integrada com a bóia do tanque e por ai vai (seria uma I.E. mais completa), porém, tendo a sonda continuaria a ter mais problemas de consumo e desempenho por conta da qualidade de combustível da época e, de hoje, contando com a quantidade de álcool que vinha e vem, aumentando nos casos dos a gasolina EFI.

Também é precisa, é uma I.E. original e ajustável por conta do regulador de mistura que altera tudo, tps também, sendo que estando tudo no devido sincronismo o carro funciona perfeitamente com essa EFI e, por falta de sonda é só instalar uma e temos então uma sonda para ir monitorando toda vida (de preferencia uma sonda banda larga), pois ao manter o valor de regulador de CO e demais ajustes, ela já sabe como se comportar em todos os regimes (ela não precisa se confundir se é para mandar mais ou menos combustível esperando por sonda).

Uma I.E. prog é outro assunto, pois tem milhões de recursos para muitos ajustes, porém a lenta nunca vai ser redonda igual a de fábrica, mas...

abs estamos ai
CAÇA 94 GLS F 18WR+ ETANOL X 2.0 E.F.I. - DCR

Responder