Injeção MPFI Roda Fônica externa

Assuntos relacionados à performance, conversão para álcool, etc.
Thiago Araujo
Mensagens: 7
Registrado em: 10 Nov 2012, 17:46
Cidade:
Estado: - SELECIONE --------
Modelo: - SELECIONE --------

Re: Injeção MPFI Roda Fônica externa

Mensagem não lida por Thiago Araujo »

Pessoal,

Seguinte, a retífica do meu motor eu mesmo fiz sob orientação de um mecânico experiente, queria aprender e me diverti bastante nas minhas férias. O ajuste fino deixei agora para um outro mecânico experiente em GM.

O mecânico agora colocou a ignição no ponto e o carro ficou bom, mas ainda está carburado.

Eu pretendo colocar uma injeção moderna nele com sonda lambda e ajuste de ponto de ignição computadorizado, mas meu mecânico não quer fazer a modificação, diz que é muita função e ele não tem experiência para botar uma IE programável (Conversando com o Rafaelo aqui do fórum, que tem um Monza com adaptação parecida, concluímos que ECU do Astra/Vectra dá muito mais trabalho e gasto do que a programável).

Insisti com esse meu mecânico que trabalha há décadas com Chevrolet, e ele disse que iria conversar com um mecânico de Curitiba para pegar informações de como ele injetou um Monza lá, parece que foi uma injeção multiponto de Monza. Ou seja, Muito mais fácil e barato, mas vou gastar para ficar sem sonda lambda e ajuste do ponto de ignição, praticamente um "carburador eletrônico" como alguém já disse aqui no fórum antes.

A parte mais complicada mesmo é adaptar a roda fônica, sem a qual não faz sentido todo o investimento em eletrônica avançada. Teria que fazer um trabalho de CNC numa roda fônica e encaixá-la na polia do virabrequim (externo).

Aí fica a pergunta, alguém conhece um mecânico na Região de Floripa, que poderia fazer essa troca de cabeçote/admissão e a instalação de roda fônica no Monza? E que tenha um preço camarada, porque a grana é curta para o tamanho da lista de peças. Detalhe, como não está 100% certo, ainda não comprei as peças (IE programável, sensores, cabeçote e admissão/injeção, bomba elétrica e etc...)

O Rafaelo ainda ficou de me convencer de usar a Megasquirt, mas por facilidade de instalação, recursos e preços eu acho que vou de Pandoo, esse modelo aqui:
http://produto.mercadolivre.com.br/MLB- ... i-nova-_JM

Ou se der a grana esse aqui:

http://produto.mercadolivre.com.br/MLB- ... gratis-_JM

Sugestões de mecânico na região de Floripa?

Rafaelo
MODERADOR
Mensagens: 10171
Registrado em: 13 Jan 2007, 10:32
Cidade: serra gaúcha
Estado: Rio Grande do Sul-RS
Modelo: Monza Hatch
Motor: 2.0
Ano: 1982
Combustível:: Etanol
Injeção: MPFi

Re: Injeção MPFI Roda Fônica externa

Mensagem não lida por Rafaelo »

Thiago Araujo escreveu:Eu pretendo colocar uma injeção moderna nele com sonda lambda e ajuste de ponto de ignição computadorizado, mas meu mecânico não quer fazer a modificação, diz que é muita função e ele não tem experiência pra botar uma IE programável (Conversando com o Rafaelo aqui do fórum que tem um Monza com adaptação parecida
Thiago me permita fazer uma correção. So lembrando que meu motor não é adaptado, e sim, um motor família 2 injetado programado para uso original. Esse meu motor é um N20XF já é injetado por natureza e a ECU que utilizo, não precisa de adaptação para fazer ele funcionar, só para deixar claro, senão pessoal começa a embaralhar ambos os tipos... :smt023

Já na questão de usar ECU M7.9.9 que vem nos N20XF, essa sim é virada em adaptação no Monza. Aí é outra conversa... Não é meu caso. Como tinha te alertado dos problemas que vocês vão penar.



Thiago Araujo escreveu:O Rafaelo ainda ficou de me convencer de usar a Megasquirt, mas por facilidade de instalação, recursos e preços eu acho que vou de Pandoo, esse modelo aqui
Pois a proposta que te falei era de usar uma MS apropriada e evitar qualquer adaptação ou tu poderia fazer como eu fiz, comprar um motor injetado original e instalar uma MS2, na qual evitaria adaptação. O mecânico comum não é do conhecimento dele isso. Isso é coisa para eng de motores e programadores de motores, aí o papo é mais técnico. Como te falei, eu poderia te dar o suporte, fornecendo peças, programação, elétrica e etc...

Faça um levantamento, a M7.9.9 é pura enrolação, se quiser tentar boa sorte aí. Só não esqueça dos pontos técnicos nos quais comentei contigo antes, pq vai determinar em ligar ou não o motor, mesmo com adaptações extremas, daí o gasto será atoa.
PROecu - Injeções eletronica para monzas.

Ivan8894
Monzeiro Jr. (Nível 0)
Mensagens: 11
Registrado em: 04 Abr 2019, 19:48
Cidade: São Paulo
Estado: São Paulo-SP
Modelo: Monza Classic
Motor: 1.8
Ano: 1987
Combustível:: Gasolina
Injeção: Carburador

Re: Injeção MPFI Roda Fônica externa

Mensagem não lida por Ivan8894 »

Rafaelo escreveu:
30 Mai 2012, 13:27
Pessoa 2012 escreveu:Então Rafaelo faltou informações mesmo, rsrsrs
Ia montar EFI no Carburado (tenho tudo), mas no meu outro Motor vou montar um Cabeçote roletado, dai sobrou o Cabeçote do Astra e tenho toda Injeção completa do Kadett 98 MPFI
Só falta mesmo a Roda Fônica, que não gostaria de Furar o Bloco.
O conjunto do Celta seria o mais indicado?, do Corsa e Montana?

Abraço.
boa escolha no roletado, ta sendo muito usado esse cabeçote 8V só nao vai esquecer de usar oleo 5-30 esse cabeçote é delicado e nao pode ser usado oleo grosso ate pq ele nao tem lubrificaçao ativa esse cabeçote nos cames.

voltando a tua ideia inicial, nao é possivel fazer esse uso do distribuidor e modulo ignição carburado, sao peças autonomas sem controle eletronico e que nao daria certo em nada, a captaçao do sinal dessa ECU OEM como varias é por meio de pulsos gerando uma frequencia conforme a roda fonica dita. se fosse ligar o distribuidor seria infinito sem a falha e o pior sem a frenquencia correta o motor nem ligaria pra fala a verdade... em fim impossivel do impossivel. agora se fosse uma IE prog ae sim daria pra usar configurando esse metodo de captaçao de rotaçao antigo. porem nao é teu caso ja que vai adaptar uma IE OEM que usa roda fonica. nesse caso é preciso adaptar uma roda fonica 60-2 externa ou interna.

essa polia aqui é colocada na parte externa substituindo a do monza, nela tem a polia poly V que pode ser usada no alternador. o suporte do sensor tem que comprar com o sensor junto isso só em ferrovelho vai achar.
http://produto.mercadolivre.com.br/MLB- ... iginal-_JM

vale lembrar que quando for instalar, ta certo que ta meio lonje pra ti mas fica como consulta. o PMS dos GM familia 2 é numero 19 dente após falha.
Boa tarde Rafaelo, me tira uma dúvida, tenho toda injeção do Vectra 98 2.0 8v até mesmo o cabeçote, é possível adaptar uma roda fônica externa para usar a injeção original ou apenas para programável? Pois já ouvi muitos relatos da furação no bloco dar errado
Pode me ajudar?

Avatar do usuário
Gilmar Martins
Membro Classic (Ní­vel 7)
Mensagens: 930
Registrado em: 13 Jan 2015, 07:49
Cidade: Novo Horizonte
Estado: São Paulo-SP
Modelo: Monza Classic SE
Motor: 2.0
Ano: 1991
Combustível:: Gasolina
Injeção: MPFi

Re: Injeção MPFI Roda Fônica externa

Mensagem não lida por Gilmar Martins »

Ivan boa noite. Olha eu não entendo nada disso, mas tive que trocar a correia dentada e a de acessórios do Corsa da minha esposa e vi que a roda fônica do motor, que é 1.0 do Corsa Classic 2004, fica acoplada na polia do virabrequim da correia dentada. O sensor fica logo preso na parte externa naturalmente. Talvez alguém com pouco de conhecimento possa estudar um meio de fazer a adaptação.
Acho que é isso.
Abraços,
Gilmar
Vectra 97 GLS

arnaldo silva
Membro SR (Ní­vel 4)
Mensagens: 312
Registrado em: 06 Abr 2012, 20:59
Cidade: Atibaia
Estado: São Paulo-SP
Modelo: Monza Classic SE
Motor: 2.0
Ano: 1989
Combustível:: Etanol
Injeção: MPFi

Re: Injeção MPFI Roda Fônica externa

Mensagem não lida por arnaldo silva »

Ivan8894 escreveu:
02 Jan 2021, 17:01
Rafaelo escreveu:
30 Mai 2012, 13:27
Pessoa 2012 escreveu:Então Rafaelo faltou informações mesmo, rsrsrs
Ia montar EFI no Carburado (tenho tudo), mas no meu outro Motor vou montar um Cabeçote roletado, dai sobrou o Cabeçote do Astra e tenho toda Injeção completa do Kadett 98 MPFI
Só falta mesmo a Roda Fônica, que não gostaria de Furar o Bloco.
O conjunto do Celta seria o mais indicado?, do Corsa e Montana?

Abraço.
Boa escolha no roletado, está sendo muito usado esse cabeçote 8V, só não vai esquecer de usar óleo 5W30, esse cabeçote é delicado e não pode ser usado óleo grosso, até pq ele não tem lubrificação ativa esse cabeçote nos cames.

Voltando a tua ideia inicial, não é possível fazer esse uso do distribuidor e módulo ignição carburado, são peças autônomas, sem controle eletrônico e que não daria certo em nada, a captação do sinal dessa ECU OEM, como várias, é por meio de pulsos gerando uma frequência conforme a roda fônica dita. Se fosse ligar o distribuidor seria infinito sem a falha, e o pior, sem a frequência correta o motor nem ligaria para fala a verdade... Enfim, impossível do impossível. agora se fosse uma IE prog aí sim daria para usar configurando esse método de captação de rotação antigo. Porém, não é o teu caso, já que vai adaptar uma IE OEM, que usa roda fônica. Nesse caso é preciso adaptar uma roda fônica 60-2 externa ou interna.

Essa polia aqui é colocada na parte externa substituindo a do Monza, nela tem a polia poly V, que pode ser usada no alternador. O suporte do sensor tem que comprar com o sensor junto, isso só em ferro velho vai achar.
http://produto.mercadolivre.com.br/MLB- ... iginal-_JM

Vale lembrar que quando for instalar, estar certo que está meio longe para ti, mas fica como consulta. O PMS dos GM família 2 é número 19 dentes após falha.
Boa tarde Rafaelo, me tira uma dúvida, tenho toda injeção do Vectra 98 2.0 8v até mesmo o cabeçote, é possível adaptar uma roda fônica externa para usar a injeção original ou apenas para programável? Pois já ouvi muitos relatos da furação no bloco dar errado
Pode me ajudar?
B nt! No próprio bloco já tem o local a ser furado. A questão não é furar errado o bloco... a questão é o faceamento da parte externa onde é fixado o sensor de rotação. Quando o camarada da retífica for fazer o furo, ele tem que estar com o sensor e o virabrequim parafusado no bloco e vc passar exatamente a medida que a ponta do sensor tem que ficar da roda fônica.
Classic se 2.0 prata automático; MPFI com injeção programável; etanol; freio a disco traseiro e rodas 16, painel digital.
Tubarão azul gls 95 álcool

Responder