Reduzindo o consumo com apenas R$ 20,00 em peças!

Assuntos de mecânica e manutenção não abordados nos fóruns abaixo.
Avatar do usuário
MonzaClub20EFICHZ
Membro Classic SE (Ní­vel 8)
Mensagens: 2603
Registrado em: 27 Dez 2008, 19:57
Cidade:
Estado: - SELECIONE --------
Modelo: - SELECIONE --------

Reduzindo o consumo com apenas R$ 20,00 em peças!

Mensagem não lida por MonzaClub20EFICHZ » 02 Fev 2009, 16:15

Sei que vou criar um bocado de polemica, mas como funciona bem, com os devidos
cuidados, vou contar uma alteração que fiz no meu Monza EFI já fazem 6 anos.

Eu sempre achei o Monza muito gastão, no carburado eu acertava os giclês para acertar o
consumo, mas num EFI, como fazer? Depois de estudar todos os manuais técnicos que
pode achar e fazer um monte de testes consegui fazer o consumo passar de 6,5 km/l na
cidade para 10 km/l (em Porto Alegre com trânsito engarrafado), e na estrada a 80km/h
(trecho entre Porto Alegre e Taquara pela 101 bastante tumultuado) passou de 11,5 km/l
para 15 km/l.

Como conseguir isso? Bom sempre que vamos mexer no consumo, temos que alterar a
relação ar/combustível, aumentar a vazão de ar é possível, mas muito cara e complicada
então temos que mexer na vazão de combustível, mexer diretamente no bico injetor não dá,
mexer no módulo até dá, mas é extremamente complexo e a maior possibilidade é de
queimar o módulo, ou algo mais, o mais fácil é enganar o módulo com informações falsas.
Testei várias, sensor de posição da borboleta, sensor de temperatura (já vi muitos mexerem
aqui mas não consegui bons resultados), sensor de rotação do motor, sensor de velocidade,
mas o que realmente fez efeito foi o sensor de pressão absoluta o MAP. Inclusive é a
informação que eu tirei de uma revista GM na época de lançamento do Monza EFI como o principal
sensor para o consumo.

Como enganá-lo? Bom o sensor lê voltagem 5 voltz significa nenhum vácuo, ou com o
motor funcionando a borboleta totalmente aberta, indicando para o módulo que ele precisa
injetar muito combustível. 1,2 voltz significa o vácuo máximo do motor, com a borboleta
toda fechada e o motor ligado, condição de marcha lenta , ou de freio motor, fazendo que o
módulo injete pouco ou nenhum combustível. Para enganá-lo então temos que informar ao
módulo uma voltagem menor do que a real, isso é muito fácil, corte o fio (verde)terminal B
do sensor ou fio do pino C11 da centralina, com um potenciômetro de 20 kohms ligue o lado
que vem do sensor ao pino de um lado do potênciometro, do outro lado do potenciômetro
ligue a massa, e o terminal central do potenciômetro ligue o fio que vai para o módulo,
junto coloque uma chave liga e desliga em paralelo de forma que possa ligar diretamente os
fios cortados desligando o funcionamento do potenciômetro.

Agora tudo feito deixe a chave liga e desliga ligada e coloque o potenciômetro no meio do
seu curso (gire de um lado para o outro e veja onde fica o meio), ligue o motor e deixe em
marcha lenta, e desligue a chave liga e desliga, agora gire o potenciômetro para um lado e
para o outro, e perceba que virando para um lado o motor vai enfraquecendo até morrer, ou
quase morrer, para o outro lado ele fica normal (posição sem atuação).

Coloque o potenciômetro em uma posição em que o motor comece a falhar em marcha
lenta, depois volte um pouco, uns 5, 10 graus de giro do botão do potenciômetro. Depois
saia para dar uma volta sem forçar na aceleração (ande normal) e veja se o carro ficou fraco
demais ou ainda pode reduzir um pouco mais. Quando achar o ponto certo o melhor a fazer é
fazer que a marquinha do botão do potenciômetro fique bem na vertical, pois assim fica
fácil de visualizar.

Agora quando estiver andando “normal” use sempre o “módulo de economia”, e quando
precisar de força no motor use a chave liga e desliga para ter o motor “completo de fábrica”
numa ultrapassagem ou numa subida acentuada.

ALERTA QUANDO FOR USAR MAIS DO METADE DO CURSO DO ACELERADOR
DESLIGUE O SISTEMA LIGANDO A CHAVE, pois nessa condição o motor pode
superaquecer, em condições normais de trânsito na cidade e na estrada respeitando os
limites de velocidade, não há perigo algum, uso isso a 6 anos, inclusive fazem 4 anos que
troquei o bico pelo de álcool, e apenas movendo o botão do potenciômetro faço que o
Monza use álcool ou gasolina.

Agora eu sei que muitos não vão gostar desse mexe, porém dá muito certo se cuidar do
ALERTA acima.

Por último só avisando que o Monzão fai ficar com a potência de 1.0 com o módulo ligado,
mas desligando na chave, volta ao normal. Funciona perfeitamente no meu Monza até hoje,
e já funcionou perfeitamente também em um Kadett que já tive.

E é totalmente reversível, para voltar basta deixar ligada a chave ou reconectar o fio cortado.
Agora no CHEVROLEIROS.COM
O suporte para o Scaner agora em: http://chevroleiros.forumeiros.com/t2-s ... multec-700
Carlos

Avatar do usuário
TheRipper
Membro Classic (Ní­vel 7)
Mensagens: 942
Registrado em: 27 Jan 2008, 00:00
Cidade:
Estado: - SELECIONE --------
Modelo: - SELECIONE --------

Re: Reduzindo o consumo com apenas R$ 20,00 em peças!

Mensagem não lida por TheRipper » 02 Fev 2009, 16:59

Lembrando que esse método aumenta o nível de esmissões e pode reduzir a vida útil do motor. Com baixa carga e baixo giro (velocidade de cruzeiro, por exemplo), tudo bem, mas meio pé já é perigoso andar com mistura muito pobre, pois em pouco tempo pode torrar as válvulas de escape e perder vedação nas sedes.
Eu usei um método parecido no meu, porém, com injeção programável. Eu não faria com o módulo original por não haver um controle sobre o processo, se precisar afundar o pé de repente, tem que ficar se preocupando em desligar o sistema. Com a injeção programável eu faço um mapa com mistura pobre em velocidade de cruzeiro, mas se eu usar 1/3 de borboleta ele já fica rica e o carro anda muito bem. Enfim, funcionar, funciona, mas tem seus contras.

Avatar do usuário
José Leal
MODERADOR
Mensagens: 7321
Registrado em: 07 Fev 2008, 13:56
Cidade: Goiânia
Estado: Goiás-GO
Modelo: Não tenho Monza :(

Re: Reduzindo o consumo com apenas R$ 20,00 em peças!

Mensagem não lida por José Leal » 02 Fev 2009, 17:31

TheRipper e MonzaClub, talvez possamos abandonar a chave liga/desliga e colocar no local algum circuito que de acordo com uma certa voltagem "jumpeie" o potenciômetro.

O sinal que pode ser usado para jumpear o potenciômetro pode vir do sensor de posição da borboleta. Se, por exemplo, com ela fechada o módulo recebe uma voltagem de 1,2V e quando totalmente aberta recebe 5V, podemos fazer com que o circuito jumpeie o potenciômetro quando a voltagem passar de 2,5V. Aí não teríamos nenhum problema numa situação de ultrapassagem, se esquecermos de ligar a chave.

Até mais.
Imagem
.Imagem

Avatar do usuário
TheRipper
Membro Classic (Ní­vel 7)
Mensagens: 942
Registrado em: 27 Jan 2008, 00:00
Cidade:
Estado: - SELECIONE --------
Modelo: - SELECIONE --------

Re: Reduzindo o consumo com apenas R$ 20,00 em peças!

Mensagem não lida por TheRipper » 02 Fev 2009, 18:01

José Leal escreveu:TheRipper e MonzaClub, talvez possamos abandonar a chave liga/desliga e colocar no local algum circuito que de acordo com uma certa voltagem "jumpeie" o potenciômetro.

O sinal que pode ser usado para jumpear o potenciômetro pode vir do sensor de posição da borboleta. Se, por exemplo, com ela fechada o módulo recebe uma voltagem de 1,2V e quando totalmente aberta recebe 5V, podemos fazer com que o circuito jumpeie o potenciômetro quando a voltagem passar de 2,5V. Aí não teríamos nenhum problema numa situação de ultrapassagem, se esquecermos de ligar a chave.

Até mais.
Sim, é possível.

Porém, fica uma questão: por que a fábrica não fez isso? :wink:

Avatar do usuário
Fastback
Membro Classic (Ní­vel 7)
Mensagens: 857
Registrado em: 12 Dez 2006, 16:20
Cidade: Cuiaba
Estado: Mato Grosso-MT
Modelo: Não tenho Monza :(
Motor: Outro
Ano: 1983
Combustível:: Etanol
Injeção: EFi

Re: Reduzindo o consumo com apenas R$ 20,00 em peças!

Mensagem não lida por Fastback » 02 Fev 2009, 18:23

TheRipper escreveu:Sim, é possível.
Porém, fica uma questão: por que a fábrica não fez isso? :wink:
Porque os T-REX que desenharam esse sistema sequer tinham dedos! :smt005


Fábio, eu não morro sem antes colocar essa bendita mega com esse seu mapa de injeção pra funcionar! hehehe

Vocês acham que vale a pena estudar esse negócio de usar um circuitinho pra fazer esse "semi-cut-off" funcionar?
Digo, AINDA não tenho condições de usar a MEGA mas, como meus trechos são longos e lentos (60, 70km/h constantes) pelo menos pra mim seria viável, desde que não oferecesse risco à vida útil do motor, como o Fábio mesmo disse...
Na atual situação, qualquer meio km a mais por litro já está fazendo muita diferença! heauheauehauheau :smt023
Isaque&Rebeca:
'83 Chevy Opala Comodoro Cupê 2500 EFI álcool [DailyUse]
'84 Chevy Caravan Comodoro 2500 gasolina ( 4100 detected! :O )


EX-** '95 Chevy Monza GL 2.0 alcool segundo dono, saudades!
EX-** '79 Ford Galaxie Landau 302 V8 saudades!

Avatar do usuário
andre bruno
Membro GL (Ní­vel 2)
Mensagens: 131
Registrado em: 30 Set 2008, 09:14
Cidade:
Estado: - SELECIONE --------
Modelo: - SELECIONE --------

Re: Reduzindo o consumo com apenas R$ 20,00 em peças!

Mensagem não lida por andre bruno » 02 Fev 2009, 18:58

fica economico e andar igual uma tartaruga??
" o velho guerreiro é sempre respeitado " Monza GLS 96 Gasolina

Avatar do usuário
Marcel Murai
MODERADOR
Mensagens: 2405
Registrado em: 01 Fev 2007, 20:44
Cidade: CERQUILHO
Estado: São Paulo-SP
Modelo: Monza GLS
Motor: 2.0
Ano: 1995
Combustível:: Etanol
Injeção: EFi

Re: Reduzindo o consumo com apenas R$ 20,00 em peças!

Mensagem não lida por Marcel Murai » 02 Fev 2009, 20:16

hmm...interessante.
Pode-se instalar um "micro-switch"(mini chave) na peça do final do cabo do acelerador. Aquela de plastico onde faz junção do cabo da tbi e cabo do acelerador.
10 na cidade é um bocado interessante. isso com gasolina neh?
Atual:
Monza GLS 1994/1995 Preto Liszt Alcool e
Monza SL/E 2.0 MPFI(ex-EFI) 1992 Vermelho Ciprius Gasolina (Em montagem)

2005-2009 Monza Hitech 1993/1994 2.0 EFI Completo + ABS
1992-1998 (Familia)Monza SL/E 1987/1988 2.0 Alcool Completo + Automatic + 5 Rodas Classic + Antena Elet.

Avatar do usuário
MonzaClub20EFICHZ
Membro Classic SE (Ní­vel 8)
Mensagens: 2603
Registrado em: 27 Dez 2008, 19:57
Cidade:
Estado: - SELECIONE --------
Modelo: - SELECIONE --------

Re: Reduzindo o consumo com apenas R$ 20,00 em peças!

Mensagem não lida por MonzaClub20EFICHZ » 02 Fev 2009, 20:28

Quanto a andar como uma tartaruga isso só enquanto você quiser, em estradas simples, sinuosas cheias de curvas com faixas duplas o tempo todo, ou na cidade com trânsito engarrafado não tem como andar e economiza um bocadinho.

Quanto a poluição, não acredito que polua mais, pois se andamos mais km/l, despejamos então menos CO CO2 etc.. na atmosfera por km, basta fazer uma regrinha de três.

Qunato ao dispositivo automático já pensei nisso, mas neste 6 anos sempre soube com antecedência quando ia precisar do motor, eu coloquei a chave ao lado da chave da luz de neblina, fica de fácil acesso.

Sim é com gasolina, com álcool não ficava muito bom, 6 na cidade e 10,5 na estrada, só que com a taxa de compressão de gasolina, agora que acertei a taxa os pistões e o comando para álcool deve ficar melhor, mas tenho que esperar um pouco até amaciar o motor.
Agora no CHEVROLEIROS.COM
O suporte para o Scaner agora em: http://chevroleiros.forumeiros.com/t2-s ... multec-700
Carlos

Responder