De E.F.I para MPFI

Assuntos de mecânica e manutenção não abordados nos fóruns abaixo.
arnaldo silva
Membro SR (Ní­vel 4)
Mensagens: 308
Registrado em: 06 Abr 2012, 20:59
Cidade: Atibaia
Estado: São Paulo-SP
Modelo: Monza Classic SE
Motor: 2.0
Ano: 1989
Combustível:: Etanol
Injeção: MPFi

Re: De E.F.I para MPFI

Mensagem não lida por arnaldo silva »

dutra s a escreveu:
13 Set 2020, 15:06
Acho que dá, mas acho! Eu estou com o câmbio do Vectra 99 16v, redução 394+ caixa F18. Esse câmbio tinha o atuador hidráulico, foi só tirar e botar o mecânico e pronto.

Acredito que só trocando a relação de câmbio o carro não irá se comportar como MPFI.

abs estamos ai
Tubarão não compartilha F18 com o do Vectra? Não lembro ao certo, pois faz 6 anos que troquei embreagem do tubarão, comprei como Monza o kit, e ao desmontar para fazer a troca, não deu certo (não sei se foi platô ou disco ou os 2). Quando voltei na auto peças, com as peças usadas, ele disse que era do Vectra.
Classic se 2.0 prata automático; MPFI com injeção programável; etanol; freio a disco traseiro e rodas 16, painel digital.
Tubarão azul gls 95 álcool

arnaldo silva
Membro SR (Ní­vel 4)
Mensagens: 308
Registrado em: 06 Abr 2012, 20:59
Cidade: Atibaia
Estado: São Paulo-SP
Modelo: Monza Classic SE
Motor: 2.0
Ano: 1989
Combustível:: Etanol
Injeção: MPFi

Re: De E.F.I para MPFI

Mensagem não lida por arnaldo silva »

dutra s a escreveu:
13 Set 2020, 03:06
Bota burocracia nisso amigo. Eu mesmo botei o N20XF, 140cv, 0km da caixa da GM, valia mais apenas do que uma retífica, pois saia quase o mesmo preço e, o novo vinha fechado e ajustado de fábrica, ainda não consegui passar para o documento, por causa de 1 lâmpada de ré com mal contato, película na frente e placa inlegível.

Até aí a película e a lâmpada eu desenrolo, mas a placa fiquei bravo, pois se está inlegível, então como recebi multas? Kkkkkkkkkkkkkkk!

Já tem anos e agora estou esperando um projeto liberado pelo Detran, para fazer tudo sem ter que ir lá, quando eu for botar essa placa horrível de "merdasul"

abs estamos ai
Então, não é burocracia, rsrsrsrs! Se o carro não estiver tudo 0k, a questão é que não passa na vistoria. Fiz no meu e não tive nenhuma burocracia, apenas tive que fazer nova vistoria. Ah, lembrei que tb tive que trocar as placas do Classic, pois não eram a refletiva.
Classic se 2.0 prata automático; MPFI com injeção programável; etanol; freio a disco traseiro e rodas 16, painel digital.
Tubarão azul gls 95 álcool

Avatar do usuário
dutra s a
Membro Classic SE (Ní­vel 8)
Mensagens: 2146
Registrado em: 29 Abr 2010, 23:31
Cidade: SP
Estado: São Paulo-SP
Modelo: Monza GLS
Motor: 2.0
Ano: 1994
Combustível:: Etanol
Injeção: EFi

Re: De E.F.I para MPFI

Mensagem não lida por dutra s a »

arnaldo silva escreveu:
13 Set 2020, 20:10
dutra s a escreveu:
13 Set 2020, 15:06
Acho que dá, mas acho! Eu estou com o câmbio do Vectra 99 16v, redução 394+ caixa F18. Esse câmbio tinha o atuador hidráulico, foi só tirar e botar o mecânico e pronto.

Acredito que só trocando a relação de câmbio o carro não irá se comportar como MPFI.

abs estamos ai
Tubarão não compartilha F18 com o do Vectra? Não lembro ao certo, pois faz 6 anos que troquei embreagem do tubarão, comprei como Monza o kit, e ao desmontar para fazer a troca, não deu certo (não sei se foi platô ou disco ou os 2). Quando voltei na auto peças, com as peças usadas, ele disse que era do Vectra.
Se não me engano, existe um disco de embreagem da linha Vectra/Zafira/Astra que fica pouco sobressalente (ou menor não lembro e aparentemente mais fino) na cremalheira original do Monza EFI. Quando fui botar da linha Vectra correspondente ao motor flex 2011 que uso, vimos isso e no fim continuei usando kit embreagem do Monza por ter a mesma circunferência da cremalheira.

Sobre os miolos do câmbio, a maioria compartilha, mas não são todos, não lembro por qual razão, mesmo porquê, a GM fez uma salada mundial com os câmbios.
CAÇA 94-2013 GLS F-14. 18WR+ ETANOL X 2.0 E.F.I. - DCR

Avatar do usuário
dutra s a
Membro Classic SE (Ní­vel 8)
Mensagens: 2146
Registrado em: 29 Abr 2010, 23:31
Cidade: SP
Estado: São Paulo-SP
Modelo: Monza GLS
Motor: 2.0
Ano: 1994
Combustível:: Etanol
Injeção: EFi

Re: De E.F.I para MPFI

Mensagem não lida por dutra s a »

arnaldo silva escreveu:
13 Set 2020, 20:15
dutra s a escreveu:
13 Set 2020, 03:06
Bota burocracia nisso amigo. Eu mesmo botei o N20XF, 140cv, 0km da caixa da GM, valia mais apenas do que uma retífica, pois saia quase o mesmo preço e, o novo vinha fechado e ajustado de fábrica, ainda não consegui passar para o documento, por causa de 1 lâmpada de ré com mal contato, película na frente e placa inlegível.

Até aí a película e a lâmpada eu desenrolo, mas a placa fiquei bravo, pois se está inlegível, então como recebi multas? Kkkkkkkkkkkkkkk!

Já tem anos e agora estou esperando um projeto liberado pelo Detran, para fazer tudo sem ter que ir lá, quando eu for botar essa placa horrível de "merdasul"

abs estamos ai
Então, não é burocracia, rsrsrsrs! Se o carro não estiver tudo 0k, a questão é que não passa na vistoria. Fiz no meu e não tive nenhuma burocracia, apenas tive que fazer nova vistoria. Ah, lembrei que tb tive que trocar as placas do Classic, pois não eram a refletiva.

Todo cidadão que nasce nesse chão chamado Brasil, sabe que mesmo um carro com tudo em ordem pode esperar alguma burocracia, pois se ele for desonesto e viver de outra vida ele, passa com o carro do jeito que quiser, se voce não teve problemas que bom.

Mesmo que o meu tivesse com tudo original, algum problema iriam achar, a exemplo disso era a fase da controlar aqui em SP, mas do jeito que está, atualmente a caminhada desses fatores, eu pago para ver quem é que vai receber cafezinho ou caixinha, para se dar bem. Quero ver.
CAÇA 94-2013 GLS F-14. 18WR+ ETANOL X 2.0 E.F.I. - DCR

arnaldo silva
Membro SR (Ní­vel 4)
Mensagens: 308
Registrado em: 06 Abr 2012, 20:59
Cidade: Atibaia
Estado: São Paulo-SP
Modelo: Monza Classic SE
Motor: 2.0
Ano: 1989
Combustível:: Etanol
Injeção: MPFi

Re: De E.F.I para MPFI

Mensagem não lida por arnaldo silva »

dutra s a escreveu:
14 Set 2020, 01:41
arnaldo silva escreveu:
13 Set 2020, 20:15
dutra s a escreveu:
13 Set 2020, 03:06
Bota burocracia nisso amigo. Eu mesmo botei o N20XF, 140cv, 0km da caixa da GM, valia mais apenas do que uma retífica, pois saia quase o mesmo preço e, o novo vinha fechado e ajustado de fábrica, ainda não consegui passar para o documento, por causa de 1 lâmpada de ré com mal contato, película na frente e placa inlegível.

Até aí a película e a lâmpada eu desenrolo, mas a placa fiquei bravo, pois se está inlegível, então como recebi multas? Kkkkkkkkkkkkkkk!

Já tem anos e agora estou esperando um projeto liberado pelo Detran, para fazer tudo sem ter que ir lá, quando eu for botar essa placa horrível de "merdasul"

abs estamos ai
Então, não é burocracia, rsrsrsrs! Se o carro não estiver tudo 0k, a questão é que não passa na vistoria. Fiz no meu e não tive nenhuma burocracia, apenas tive que fazer nova vistoria. Ah, lembrei que tb tive que trocar as placas do Classic, pois não eram a refletiva.

Todo cidadão que nasce nesse chão chamado Brasil, sabe que mesmo um carro com tudo em ordem pode esperar alguma burocracia, pois se ele for desonesto e viver de outra vida ele, passa com o carro do jeito que quiser, se voce não teve problemas que bom.

Mesmo que o meu tivesse com tudo original, algum problema iriam achar, a exemplo disso era a fase da controlar aqui em SP, mas do jeito que está, atualmente a caminhada desses fatores, eu pago para ver quem é que vai receber cafezinho ou caixinha, para se dar bem. Quero ver.
Tb vendi um bloco baixado a um colega e a única coisa que fiz foi reconhecer firma de um formulário fornecido pelo despachante (recibo de venda). Ele montou no carro dele e passou de boa na vistoria. Mas se o carro não estiver 100%, aqui tb não passa.
Classic se 2.0 prata automático; MPFI com injeção programável; etanol; freio a disco traseiro e rodas 16, painel digital.
Tubarão azul gls 95 álcool

Responder